Os Anões e Outras Peças

de Harold Pinter

editor: Quasi Edições, maio de 2006
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i
"Não sei resumir nenhuma das minhas peças. Não sei descrever nenhuma. Só sei dizer foi isto o que aconteceu, foi isto o que disseram, foi isto o que fizeram." Harold Pinter As personagens de Pinter exprimem exactamente aquilo que lhes vem à mente e muitas vezes emerge directamente do inconsciente. Pode acontecer que isso nada tenha a ver com a acção ou com o que acaba de dizer a outra personagem. Para dizer a verdade, não há diálogo. As personagens de Pinter só se revelam aos poucos e de uma maneira incompleta: esse é o trabalho do actor.

Os Anões e Outras Peças

de Harold Pinter

Propriedade Descrição
ISBN: 9789895522033
Editor: Quasi Edições
Data de Lançamento: maio de 2006
Idioma: Português
Dimensões: 152 x 223 x 16 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 224
Tipo de produto: Livro
Coleção: Aquela Vez
Classificação temática: Livros em Português > Arte > Artes de Palco Livros em Português > Literatura > Outras Formas Literárias Livros em Português > Literatura > Teatro (Obra)
EAN: 9789895522033
Idade Mínima Recomendada: Não aplicável
Harold Pinter

O Prémio Nobel de Literatura 2005 foi atribuído a Harold Pinter.
Ao anunciar o prémio, a Academia Sueca referiu-se a Pinter como "o maior representante do teatro dramático inglês da segunda metade do século XX" e elogiou-o pelo carácter das suas peças, que refletem sobre as futilidades do dia-a-dia e levam o espectador a experimentar o sentimento de opressão gerado pela falta de sentido da vida.
A Academia considera que Pinter terá, desta forma, contribuído para devolver ao teatro a sua essência: espaços fechados, diálogos imprevisíveis e personagens - à mercê umas das outras - cujas máscaras vão caindo.
Harold Pinter nasceu a 10 de outubro de 1930, em Londres. Com apenas 9 anos foi forçado a abandonar a cidade durante os bombardeamentos da Segunda Guerra Mundial, experiência que o marcou profundamente. Começou a sua carreira como ator e escreveu a sua primeira peça em 1957. Produziu, igualmente, guiões para cinema e televisão e destacou-se como acérrimo defensor dos direitos do Homem. De entre os muitos prémios que lhe foram atribuídos destacam-se:
- 1955 - David Cohen British Literature Prize, atribuído pelo percurso de vida dedicado, com sucesso, à literatura;
-1996 - Laurence Olivier Award pela obra dedicada ao teatro;
- 2002 - Companion of Honour pelos serviços prestados em prol da literatura; - 2005 - Wilfred Owen Award for Poetry.

O dramaturgo, de 75 anos, tem alguma da sua extensa obra traduzida para português, nomeadamente: "Teatro I" e "Teatro II" (pela Relógio d'Água) "Guerra" (Quasi Edições) e "Conferência de Imprensa e Outras Aldrabices" (Cotovia).

(ver mais)
Cidade dos Diários

Cidade dos Diários

10%
Quasi Edições
3,00€ 10% CARTÃO
Coros para Depois dos Assassinatos

Coros para Depois dos Assassinatos

10%
Quasi Edições
3,00€ 10% CARTÃO