10% de desconto

O Vento Assobiando nas Gruas

de Lídia Jorge

editor: Dom Quixote, setembro de 2019
Grande Prémio de Romance e Novela da APE. Prémio Literário Correntes D’Escritas
O Vento Assobiando nas Gruas é um livro ancorado sobre dois mundos - um mundo contemporâneo, envolvido com a transformação acelerada da Terra, movido pelo instinto selvagem de futuro, e um outro mais antigo, onde a história de uma velha fábrica se cruza com a sorte de uma família numerosa, recém-chegada de África.

Dois mundos, à primeira vista irreconciliáveis, e no entanto, a aproximá-los, por obra do acaso, caminha desde a primeira página a figura de Milene Leandro, a rapariga singular, para quem tudo nasce pela primeira vez, e que, na simplicidade do seu juízo, acabará por obrigar os outros à revelação de si mesmos.

Figura central, é precisamente através das mãos de Milene que o leitor entra na primeira página, e é ainda com ela que encerra a última, depois de ter conhecido a suas expensas o caso de um amor, de um crime e de um silêncio para sempre selado.

Por isso mesmo, o seu olhar desprevenido sobre a vida, o bem e o mal, assim como a avaliação que faz deste mundo, constituem a verdadeira matéria orgânica que constrói este livro.

O Vento Assobiando nas Gruas

de Lídia Jorge

Propriedade Descrição
ISBN: 9789722068284
Editor: Dom Quixote
Data de Lançamento: setembro de 2019
Idioma: Português
Dimensões: 155 x 234 x 30 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 464
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Romance
EAN: 9789722068284
e e e e e

Soberba a autora e a obra

AC

Li este livro a primeira vez quando era ainda estudante, requisitado à biblioteca, e já na altura, inexperiente, o achei soberbo. Marcou-me tanto... Agora, já na idade madura e após tantas mais leituras, esta história densa e tão bem tecida volta a impressionar-me. Os temas são intemporais, até de particular atualidade, e as personagens revelam como a autora conhece profundamente o género humano. Surpreende-me que Lídia Jorge continue num pedestal relativamente discreto do panorama cultural nacional quando é um dos autores maiores da literatura portuguesa. A sua escrita é irrepreensível, a sua sensibilidade tocante, os seus enredos de um engenho simultaneamente distinto e realista. Uma Senhora, ela. Um monumento, o livro.

Lídia Jorge

Romancista e contista portuguesa. Nasceu em 1946, no Algarve. Viveu os anos mais conturbados da Guerra Colonial em África. Foi membro da Alta Autoridade para a Comunicação Social. É professora do ensino secundário e publica regularmente artigos na imprensa. O tema da mulher e da sua solidão é uma preocupação central da obra de Lídia Jorge, como, por exemplo, em Notícia da Cidade Silvestre (1984) e A Costa dos Murmúrios (1988). O Dia dos Prodigíos (1979), outro romance de relevo, encerra uma grande capacidade inventiva, retratando o marasmo e a desadaptação de uma pequena aldeia algarvia. O Vento Assobiando nas Gruas (2002) é mais um romance da autora e aborda a relação entre uma mulher branca com um homem africano e o seu comportamento perante uma sociedade de contrastes. Este seu livro venceu o Grande Prémio de Romance e Novela da Associação Portuguesa de Escritores em 2003.
Venceu o Prémio FIL de Literatura em Línguas Românicas 2020.

(ver mais)
Misericórdia

Misericórdia

10%
Dom Quixote
19,71€ 21,90€
portes grátis
Os Memoráveis

Os Memoráveis

10%
Leya
10,00€ 10% CARTÃO
O Diabo Foi Meu Padeiro

O Diabo Foi Meu Padeiro

10%
Dom Quixote
16,60€ 10% CARTÃO
portes grátis
A Outra Margem do Mar

A Outra Margem do Mar

10%
Dom Quixote
23,90€ 10% CARTÃO
portes grátis