10% de desconto

O Rei dos Vagabundos

Livro 2.º do Ciclo Barroco

de Neal Stephenson

editor: Tinta da China, março de 2008

Nesta segunda parte do Ciclo Barroco (a continuação de «Argento-Vivo»), o romance centra-se no vagabundo Jack Shaftoe e em Eliza (uma jovem da ilha de Qwghlm, onde não existem vogais), que ele resgata de um harém depois da derrota dos turcos em Viena, em 1683.
Os dois formarão uma parelha invulgar, criando-se uma simbiose entre a coragem e o espírito impulsivo dele e a astúcia e o calculismo ponderado dela. E, apesar dos defeitos fisionómicos que impedem Jack de usufruir de uma plena vida sexual (que lhe valem a alcunha «Meia-Gaita»), para além da progressiva loucura que lhe é provocada pela sífilis, apesar da provisória virgindade de Eliza, os conhecimentos tântricos que ela desenvolveu com as suas pares do harém impulsionam um improvável laço de amor.
Enquanto deambulam pela Europa (Viena, Leipzig, Amesterdão, Paris...), travam conhecimento com Gottfried Leibniz, o qual, junto com Enoque Root, estabelece a ligação com a história da ciência moderna, tão bem reconstituída em «Argento-Vivo».
Eliza goza de inquestionáveis dotes para o mundo dos negócios, ao passo que Jack tem o condão de se envolver permanentemente em problemas. O envolvimento de Eliza com altas figuras de corte, nomeadamente entre as casas reais europeias, e as aventuras em que Jack escapa por um fio aos maiores perigos têm como pano de fundo aquilo que pode bem ter sido a vida real naquela época.
Desde os pormenores quotidianos das profissões, da sobrevivência diária, dos espectáculos de entretenimento (enforcamentos incluídos), das doenças e respectivas técnicas de tratamento (algumas bastante assustadoras), até às lutas e conspirações entre reis e religiões, passando pela emergência de uma espécie de bolsa de valores e de uma economia monetária, Neal Stephenson apresenta uma versão extraordinária e muito humorística deste fascinante período histórico.

«Uma espantosa conjugação de teorias acerca da ciência, do dinheiro, da guerra e muito mais, que desafia quaisquer categorias, géneros ou rótulos. Um livro simplesmente magnífico.»
The Times

O Rei dos Vagabundos

Livro 2.º do Ciclo Barroco

de Neal Stephenson

Propriedade Descrição
ISBN: 9789728955533
Editor: Tinta da China
Data de Lançamento: março de 2008
Idioma: Português
Dimensões: 155 x 219 x 25 mm
Páginas: 424
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Romance
EAN: 9789728955533
Neal Stephenson

Neal Stephenson nasceu em 1959. O seu primeiro grande sucesso surgiu com o romance Snow Crash, em 1992. Três anos depois, Stephenson alcançou o reconhecimento internacional enquanto autor de ficção científica com o livro The Diamond Age (1995), sendo galardoado com os prémios literários Hugo e Locus e incluindo-se entre os finalistas do prémio Nebula. Cryptonomicon, de 1999 (Prémio Locus 2000) tornou-se um livro de culto para os «hackers» e os aficionados do universo informático.
O Ciclo Barroco, que se inicia com Argento-Vivo, é uma saga composta por oito romances histórico-científicos independentes. Encontra-se traduzido em vinte línguas e foi galardoado em 2004 com o Prémio Literário Arthur C. Clarke. Neal Stephenson vive em Seattle, no estado de Washington, EUA.

(ver mais)
Argento-Vivo

Argento-Vivo

10%
Tinta da China
25,13€ 10% CARTÃO
portes grátis
Snow Crash

Snow Crash

10%
PENGUIN BOOKS LTD
12,86€ 10% CARTÃO
Os Revoltados do Caine

Os Revoltados do Caine

Envio até 5 dias úteis
10%
Publicações Europa-América
8,00€ 10% CARTÃO
18 Palavras Difíceis

18 Palavras Difíceis

10%
Tinta da China
16,20€ 10% CARTÃO
portes grátis