Nova Reunião

23 livros de poesia: volume 3: carlos drummond de andrade (bolso) - acordo ortográfico

de Carlos Drummond de Andrade

editor: Edições BestBolso
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i
"Gosto francamente dos seus versos." - Mário de Andrade, carta a Drummond em 18/02/1925 - Esta Nova reunião resgata a seleção de poemas que Carlos Drummond de Andrade publicou originalmente pela José Olympio em 1969. A obra foi posteriormente ampliada pelo autor e reeditada com 19 livros (1983). Agora temos 23 livros de poesia compilados em 3 volumes, um convite irrecusável para a leitura (ou releitura) da mais pura e luminosa poesia drummondiana: VOLUME 3, Nove livros de poesia: Boitempo II - Boitempo III e SELEÇÃO DOS LIVROS: Viola de bolso - Versiprosa - Discurso de primavera e algumas sombras - Corpo - Amar se aprende amando - O amor natural - Farewell

Nova Reunião

23 livros de poesia: volume 3: carlos drummond de andrade (bolso) - acordo ortográfico

de Carlos Drummond de Andrade

ISBN: 9788577992058
Editor: Edições BestBolso
Idioma: Português do Brasil, Português
Dimensões: 120 x 180 x 25 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 574
Tipo de produto: Livro
Coleção: Nova Reunião: 23 Livros De Poesia
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Poesia
EAN: 9788577992058
Carlos Drummond de Andrade

Carlos Drummond de Andrade (1902-1987), poeta, cronista, ficcionista, tradutor, foi uma das figuras maiores da literatura brasileira do século XX, a par de Manuel Bandeira e João Guimarães Rosa. Com uma longa carreira literária, produziu extensa obra em quase todos os géneros disponíveis, deixando ainda vasto conjunto de inéditos. Em 1962, supondo ter chegado perto do fim da vida ativa, publicou a célebre Antologia poética, em que dividiu os poemas selecionados por categorias temáticas, conjugando a exigência da seleção com um princípio de organização que se tornou orientação para a leitura da diversidade da sua poesia. Homem tímido e delicado, trabalhou como funcionário público durante 35 anos, viveu a maior parte da vida no Rio de Janeiro, embora tenha nascido em Itabira, no estado de Minas Gerais. A ligação à terra natal, aos homens, à família e à província é um dos traços que singularizam a sua poesia, de par com a liberdade de composição, o humor e o sentimento do mundo, como tão bem notou Manuel Bandeira: «Ternura e ironia agem na sua poesia como um jogo automático de alavancas de estabilização: não há manobra falsa nesse admirável aparelho de lirismo.»

(ver mais)
Tinta da China
13,41€ 14,90€
Tinta da China
19,71€ 21,90€
portes grátis
Edições Colibri
6,30€ 10% CARTÃO
Poética Edições
14,90€ 10% CARTÃO