Murmúrios do Vento

Recordações da Pesca do Bacalhau

de Valdemar Aveiro

editor: EDITORIAL FUTURA, dezembro de 2012
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i
A partir das suas memórias, Valdemar Aveiro revela as aventuras e desventuras da «pesca longínqua» ou «pesca do largo». Nesta obra, recorda os longos anos dedicados à pesca do bacalhau, nos arrastões, onde 75 homens viviam largas temporadas confinados a 700 metros quadrados, partilhando o trabalho árduo, as tempestades, a saudade e a solidão. (III Volume).

Murmúrios do Vento

Recordações da Pesca do Bacalhau

de Valdemar Aveiro

Propriedade Descrição
ISBN: 9789725871416
Editor: EDITORIAL FUTURA
Data de Lançamento: dezembro de 2012
Idioma: Português
Dimensões: 150 x 229 x 15 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 240
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Memórias e Testemunhos
EAN: 9789725871416
Valdemar Aveiro

Valdemar Aveiro nasceu em dezembro de 1934, em Ílhavo, no seio de uma família de pescadores.
Terminada a instrução primária, começou a trabalhar como aprendiz de barbeiro, passados 10 meses empregou-se numa oficina de serralharia civil e, mais tarde, na construção civil.
Aos 15 anos concorreu à Escola Profissional de Pesca, ganhou uma bolsa de estudo que lhe deu acesso ao liceu e, posteriormente, à Escola Náutica, onde concluiu o Curso de Pilotagem.
Entretanto, embarcou como moço a bordo do lugre-motor Viriato para fazer uma viagem à pesca do bacalhau no sentido de suportar as despesas da sua formação.
Em 1957 embarcou como praticante de piloto no navio Santa Mafalda, da Empresa de Pesca de Aveiro, sendo promovido no ano seguinte a piloto, a bordo do mesmo navio, e em 1960 passou a oficial imediato do navio Santa Joana.
Emigrou para o Canadá, em abril de 1964, na persecução de se licenciar em Medicina, um sonho que não logrou cumprir, tendo regressado a Portugal no ano seguinte.
Em 1966 embarcou no navio São Gonçalinho e no ano seguinte passou para um navio moderno, Santa Isabel, comandado pelo capitão David Calão.
Assumiu, em 1970, o comando do mais velho arrastão português, Santa Joana, e, dois anos depois, foi convidado para comandar o navio Coimbra, então em construção nos Estaleiros de S. Jacinto, tendo-se retirado por doença em 1988.
Depois de recuperado, foi convidado a colaborar com a administração da Empresa de Pescas S. Jacinto, SA, sendo, desde 1991, membro do seu conselho de administração.

(ver mais)
Ecos do Grande Norte

Ecos do Grande Norte

10%
Âncora Editora
15,00€ 10% CARTÃO
portes grátis
Memórias Esparsas de uma Vida

Memórias Esparsas de uma Vida

10%
Âncora Editora
10,00€ 10% CARTÃO
Portugal no Mar

Portugal no Mar

10%
Âncora Editora
35,00€ 10% CARTÃO
portes grátis
O Homem na Varanda do Antonio's

O Homem na Varanda do Antonio's

10%
Civilização Brasileira
15,37€ 10% CARTÃO
portes grátis