Marcas de Água

de Eduardo Pitta

editor: INCM – Imprensa Nacional Casa da Moeda, janeiro de 2005
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i
Eduardo Pitta alimenta-se (e alimenta-nos) de altas temperaturas, porque desconhece o frio.

Quando muito, o gelo, que é irmão perverso do fogo, ambos se escondendo nas dobras de um versificar terso e disparado com vigor de aforismo implacável: «Je n¿ai pás écrit une seule ligne à la temperature normale», dizia esse excepcional escafandrista de infernos extremos e breves, que se chamou Cioran.

O mesmo poderia dizê-lo o Eduardo Pitta do volume em que agora nos entrega o que de melhor recolheu nos seis livros até há pouco publicados.

Observações: Prefácio de Eugénio Lisboa.

Marcas de Água

de Eduardo Pitta

Propriedade Descrição
Editor: INCM – Imprensa Nacional Casa da Moeda
Data de Lançamento: janeiro de 2005
Idioma: Português
Dimensões: 150 x 244 x 12 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 214
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Epístolas e Cartas
EAN: 1002051630006
Eduardo Pitta

Eduardo Pitta (Lourenço Marques, 9 de agosto de 1949 – Torres Vedras, 25 de julho de 2023) foi um poeta, escritor, ensaísta e crítico. Desde 1974 publicou dez livros de poesia, um romance, duas coletâneas de contos, quatro volumes de ensaio e crítica, duas recolhas de crónicas, dois diários de viagem e o livro de memórias Um Rapaz a Arder (2013). O ensaio Fractura (2003), sobre homossexualidade na literatura portuguesa contemporânea, é considerado por Mark Sabine «the first history of Portuguese literary homosexuality». Poemas seus encontram-se traduzidos em inglês, castelhano, italiano, francês e hebraico. Tem poemas, contos e ensaios dispersos por revistas literárias de Portugal, Reino Unido, Brasil, Colômbia, Espanha, França e Estados Unidos. Participou em congressos, seminários e festivais de poesia em Portugal, Espanha, França, Itália, Grécia e Colômbia. Mantém desde 2005 o blogue Da Literatura. Estão publicados na Dom Quixote o volume da sua poesia escolhida, Desobediência, bem como a edição mais recente da trilogia de contos Persona.

(ver mais)
Devastação

Devastação

10%
Dom Quixote
11,00€ 10% CARTÃO
Metal Fundente

Metal Fundente

10%
Quasi Edições
3,00€ 10% CARTÃO