100%

Histórias da Bíblia Para Ler e Pensar

de Alice Vieira; Ilustração: Carla Nazareth

Livro eBook
editor: Oficina do Livro, novembro de 2012
DEVOLVEMOS 100% NA COMPRA DESTE ARTIGO - SAIBA MAIS i VENDA O SEU LIVRO i
Plano Nacional de Leitura
Livro recomendado para apoio a projetos relacionados com temas religiosos nos 3º, 4º, 5º e 6º anos de escolaridade.

Em Histórias da Bíblia Para Ler e Pensar, poderás conhecer histórias do Antigo Testamento que o tempo trouxe de longe e que Alice Vieira escolheu e… escreveu! Poderás ler "A história de Rute", "David e Golias", "Salomão, o Sábio", "A História de Ester", "Daniel na Cova dos Leões" e "Jonas e a Baleia". Diverte-te a descobrir a sabedoria que cada história tem para te dar!

Histórias da Bíblia Para Ler e Pensar

de Alice Vieira; Ilustração: Carla Nazareth

Propriedade Descrição
ISBN: 9789897410031
Editor: Oficina do Livro
Data de Lançamento: novembro de 2012
Idioma: Português
Dimensões: 234 x 275 x 9 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 56
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Infantis e Juvenis > Contos Fábulas e Narrativas
EAN: 9789897410031
e e e e E

Histórias da Bíblia para crianças

Carla Ribeiro Oleiro

O livro contém excertos das histórias mais conhecidas da biblioteca. Achei que é uma boa edição e bem adaptada para crianças. Gostaria de ver mais ebooks disponíveis como a Bíblia ou histórias da Bíblia.

Alice Vieira

Alice Vieira nasceu em 1943 em Lisboa. Desde 1979 tem vindo a publicar regularmente tendo editado na Caminho mais de cinco dezenas de títulos. Em 1979 recebeu o Prémio de Literatura Infantil Ano Internacional da Criança com Rosa, Minha Irmã Rosa; em 1994, o Grande Prémio Gulbenkian, pelo conjunto da sua obra. Foi indicada, por duas vezes, como candidata portuguesa ao Prémio Hans Christian Andersen (o mais importante prémio internacional no campo da literatura para crianças e jovens). Alice Vieira é uma das mais importantes escritoras portuguesas para jovens, tendo ganho grande projeção nacional e internacional. Foi igualmente apresentada por duas vezes, como candidata ao ALMA (Astrid Lindgren Memorial Award).

(ver mais)