História de um Hipocondríaco que Queria Pôr o Cê de Cedilha no Alfabeto

de F. Cabral Pinto

editor: Pé de Página Editores, abril de 2004
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i

Em História de Um Hipocondríaco que Queria Pôr o Cê de Cedilha no Alfabeto entramos na vida de António Antunes, o sobrinho neto da dona da Pensão Maria de Fátima que chega, vindo do norte, para ir viver com a tia. Aí conhece os outros hóspedes, aí se apaixona por Teresa Teixeira, uma mulher lindíssima, perfeita, mas que carrega consigo o peso de uma flatulência incontrolável: «Não há bela sem senão. Todos temos as nossas fragilidades», diz o autor. Aí, qual «Robin dos Bosques do abecedário», António Antunes tenta - sem grande sucesso - angariar assinaturas para colocar o cê de cedilha no alfabeto. É no cenário da pensão e nas ruas circundantes que descobrimos as mil e uma maleitas e agonias de Antunes, um «doente sem doença» que «sofria de tudo e não sofria de nada», como escreve Filipe Cabral Pinto na sua estreia literária.

História de um Hipocondríaco que Queria Pôr o Cê de Cedilha no Alfabeto

de F. Cabral Pinto

Propriedade Descrição
ISBN: 9789728459956
Editor: Pé de Página Editores
Data de Lançamento: abril de 2004
Idioma: Português
Dimensões: 151 x 207 x 20 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 174
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Outras Formas Literárias
EAN: 9789728459956
Idade Mínima Recomendada: Não aplicável
F. Cabral Pinto

F. Cabral Pinto é mestre em Filosofia Contemporânea pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra e doutor em Ciências da Educação pela Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto. Exerce actualmente funções docentes e directivas no Complexo de Ensino Superior Jean Piaget, de Vila Nova de Gaia.

(ver mais)