10% de desconto

História da Caixa Geral de Depósitos 1876-1910

Política e Finanças no Liberalimo Português

de Pedro Lains

editor: Imprensa de Ciências Sociais, novembro de 2002
VENDA O SEU LIVRO i
O alargamento das funções do Estado foi um dos traços mais importantes do liberalismo no século XIX. Para financiar as suas funções, o Estado dispunha de receitas de impostos, assim como da obtenção de crédito junto de sindicatos bancários ou através da venda de títulos de dívida pública. Para a colocação desses títulos e para garantir o pagamento dos juros e da amortização da dívida, foram criadas instituições financeiras que recebiam determinados rendimentos do Estado, assim como depósitos de particulares. É neste quadro que se deve entender a criação da Junta de Crédito Público, em 1837, e da Caixa Geral de Depósitos, em 1876. O desenvolvimento dos depósitos viria a tornar a Caixa o principal banco do estado Português no fim do período da Monarquia. Dada a sua natureza de banco público, a história da Caixa Geral de Depósitos reflecte a história a financeira e política do País, num quadro complexo que se analisa neste livro.

História da Caixa Geral de Depósitos 1876-1910

Política e Finanças no Liberalimo Português

de Pedro Lains

Propriedade Descrição
ISBN: 9789726710950
Editor: Imprensa de Ciências Sociais
Data de Lançamento: novembro de 2002
Idioma: Português
Dimensões: 148 x 228 x 25 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 340
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > História > História de Portugal
EAN: 9789726710950
Pedro Lains

Pedro Lains foi investigador coordenador do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, professor convidado da Faculdade de Economia e Gestão da Universidade Católica, e membro do Instituto Laureano Figuerola da Universidad Carlos III de Madrid. Foi professor visitante da Faculdade de Economia da UNL, das Universidades Carlos III de Madrid, Brown e Évora; e presidente da Associação Portuguesa de História Económica e Social, diretor da Imprensa de Ciências Sociais, secretário-geral da European Historical Economics Society, e diretor da revista Análise Social. Tem como área principal de investigação a História Económica dos séculos XIX e XX, preocupando-se sobretudo com o estudo do crescimento económico no longo prazo de Portugal e dos países periféricos da Europa, com o estudo da integração europeia e com os problemas atuais da economia portuguesa.

(ver mais)
História Económica de Portugal 1700-2000 - Volume III - 4.ª edição

História Económica de Portugal 1700-2000 - Volume III - 4.ª edição

10%
Imprensa de Ciências Sociais
27,00€ 10% CARTÃO
portes grátis
História Económica de Portugal 1700-2000 - Volume I - 3.ª edição

História Económica de Portugal 1700-2000 - Volume I - 3.ª edição

10%
Imprensa de Ciências Sociais
27,00€ 10% CARTÃO
portes grátis