10% de desconto

Histoire & Comparaison

de António Nóvoa

editor: EDUCA, dezembro de 1998
A "Educação" e a "Formação" correspondem a duas tradições que têm vindo não apenas a transformar-se, mas também a convergir, diluindo ou reconstruindo novas fronteiras. Esta obra, Educação e formação de adultos: Mutações e convergências, pretende dar um retrato da situação actual e das perspectivas futuras de um campo em que tendem também a diluir-se as fronteiras entre as respostas educativas para os públicos adultos e para os públicos jovens. O livro reúne os textos correspondentes a um ciclo de conferências que decorreu entre Janeiro e Junho de 2004, parte integrante de um curso de mestrado em Formação de Adultos, promovido conjuntamente pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) e a Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Lisboa. Tendo em conta a temática do ciclo e do curso de mestrado, os organizadores entenderam pertinente incluir um texto sobre a problemática da formação de formadores na Administração Local, fruto de uma investigação realizada no quadro do Programa Foral.

Histoire & Comparaison

de António Nóvoa

Propriedade Descrição
ISBN: 9789728036225
Editor: EDUCA
Data de Lançamento: dezembro de 1998
Idioma: Português
Dimensões: 170 x 238 x 12 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 210
Tipo de produto: Livro
Coleção: Educa-História
Classificação temática: Livros em Português > Ensino e Educação > Teorias Educacionais e Currículo
EAN: 9789728036225
Idade Mínima Recomendada: Não aplicável
António Nóvoa

António Nóvoa tomou posse como reitor da Universidade de Lisboa em maio de 2009. É também professor catedrático da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Lisboa e presidente da Associação Internacional de História da Educação - ISCHE (2000-2003). Áreas de especialização: História da Educação e Educação Comparada. Em 2012 foi-lhe atribuído (por unanimidade) o título de membro honorário da UNIVERSEUM - European Academic Heritage Network, uma rede de Universidades, reconhecida pelo Conselho Europeu, que procura valorizar o património científico, museológico, monumental, botânico e arquivístico das Universidades Europeias.
Publicou mais de uma centena de trabalhos científicos na área da Educação - em particular sobre temáticas da profissão docente, da história da educação e da educação comparada -, em diversos países, nomeadamente Alemanha, Bélgica, Brasil, Canadá, Colômbia, Espanha, Estados Unidos da América, Finlândia, França, Portugal, Reino Unido e Suíça.

(ver mais)