Fotobiografia José Relvas 1858-1929

de José Raimundo Noras

editor: Imagens & Letras
José Relvas foi uma das grandes figuras da República. Foi ele, aliás, que da varanda da Câmara de Lisboa proclamou a implantação da República no dia 5 de Outubro de 1910. Homem de grande cultura, empresário, intelectual, artista, melómano e coleccionador de arte, teve desde jovem fortes convicções patrióticas e republicanas. Foi ele, com Magalhães Lima, que fizeram a célebre viagem a Paris e Londres para Prepararem os respectivos governos a reconhecerem a República, cujo advento sabiam estar iminente. José Relvas foi ministro das Finanças, do Governo Provisório presidido por Teófilo Braga, foi eleito deputado às Constituintes por Viseu e, mais tarde, é nomeado embaixador em Espanha. Coleccionador atento e de sentido apurado, transformou a sua casa dos Patudos num museu cujo espólio deixou por herança ao concelho de Alpiarça. A fotobiografia de José Relvas é uma obra profusamente ilustrada, com design editorial de Eduardo Aires. Nesta obra de invulgar requinte, ficamos a conhecer José Relvas nas suas facetas de empresário, de conspirador, de político e de artista. Pela sua pena vamos viver as 33 horas que antecederam a república.

Fotobiografia José Relvas 1858-1929

de José Raimundo Noras

ISBN: 9789898153166
Editor: Imagens & Letras
Idioma: Português
Dimensões: 241 x 304 x 22 mm
Encadernação: Capa dura
Páginas: 176
Tipo de produto: Livro
Coleção: Vultos da República
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Biografias
EAN: 9789898153166
José Raimundo Noras

José Raimundo Noras é bolseiro de doutoramento da FCT com projeto sobre José Relvas. É licenciado em História e Mestre em História da Arte pela Faculdade de Letras da Universidade Coimbra (FLUC). Tem artigos publicados em revista da especialidade e vários livros de história local com a Apenas Livros. Dedica-se fundamentalmente à história da arte portuguesa, ao período da I República, e às relações Portugal Tibete, bem como à história local e regional. É investigador integrado do CH-ULisboa e colaborador do CITCEM-UPorto. É membro associado CIJVS e sócio da Associação Portuguesa de Historiadores de Arte (APHA). Tem participado em atividades científicas regularmente em Portugal e pontualmente no estrangeiro (Itália, EUA, Espanha e Hungria).

Miguel Raimundo é o nome literário de José Raimundo Noras investigador e professor natural de Santarém, autor do livro de crónica O Vício dos Homens (Livros de Ontem, 2015). Nasceu perto do Natal de 1980.
Estreou-se no conto, na extinta publicação Agora ou Nunca – Revista Galega & Portuguesa de Literatura, bem como na RELER - Revista do Estudantes da Faculdade de Letras (Coimbra).
Mantém o blogue de poesia Evangelhos Libertários (www.evangelhos.blogspot.com) desde Agosto de 2006.
Organizou e participou no livro de contos Quatro Estações de Caminhos Cruzados (2012) e no livro Abril Depois Abril, editado pela Livros de Ontem, 40 após a revolução de 1974.
Fez parte da antologia Insonho – Durma bem organizada por Valentina da Silva Ferreira.

(ver mais)
INCM – Imprensa Nacional Casa da Moeda
30,00€ 10% CARTÃO
portes grátis
Imagens & Letras
38,50€ 10% CARTÃO
portes grátis