Diante do Tempo

História da Arte e Anacronismos das Imagens

de Georges Didi-Huberman; Tradução: Luís Lima

editor: Orfeu Negro
Uma reflexão fundamental pelo historiador da arte mais importante da nossa época
RECOMENDADO PELO PLANO NACIONAL DE LEITURA i VENDA O SEU LIVRO i
Que relação da história com o tempo nos impõe a imagem? Fazer história da arte será mesmo fazer história, no sentido em que é habitualmente entendida e praticada?

Em Diante do Tempo, Georges Didi-Huberman aprofunda estas questões e recupera uma arqueologia crítica dos modelos temporais na história da arte.

No centro do debate estão os contributos de Aby Warburg, Walter Benjamin e Carl Einstein, pensadores do anacrónico e principais eixos de uma mudança epistemológica que coloca a imagem no centro de uma ciência da cultura.

Diante do Tempo

História da Arte e Anacronismos das Imagens

de Georges Didi-Huberman; Tradução: Luís Lima

ISBN: 9789898327819
Editor: Orfeu Negro
Idioma: Português
Dimensões: 120 x 179 x 20 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 352
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Arte > História da Arte
EAN: 9789898327819
e e e e e

O tempo da arte somos nós que o fazemos. Obra seminal.

Nuno Martins Ferreira

Este é um livro que nos impele à reflexão acerca do tempo longo da história e das manifestações artísticas humanas. O autor, historiador e filósofo, com obra académica reconhecida, oferece ao leitor uma viagem em que o tempo e a imagem são produtos imperfeitos, intencionais e reveladores da natureza do Homem. Edição cuidada e apelativa da Orfeu Negro.

e e e e e

Anacronias da História da Arte

Ricardo Pereira Reis

É a obra mais influente de Didi-Huberman. O que por si só, é dizer muito. O autor francês analisa a História da Arte através da questão do anacronismo e da dificuldade de historiar um objecto quando este permanece no tempo. Através da leitura de Freud, Benjamin e Carl Einstein, Didi-Huberman procura uma nova forma de ler as imagens artísticas, numa obra que mudou o paradigma desta disciplina. A edição da Orfeu Negro é extraordinária.

Georges Didi-Huberman

Georges Didi-Huberman, historiador de arte e filósofo, lecciona na École des Hautes Études en Sciences Sociales, em Paris. Herdeiro intelectual de Aby Warburg, Walter Benjamin e Georges Bataille, tem consagrado a sua reflexão a uma leitura crítica da tradição da história da arte e do pensamento das imagens.

Abrangendo tanto as artes visuais e a história da arte, como a psicanálise e as ciências humanas, Didi-Huberman publicou mais de 40 títulos, traduzidos em várias línguas. a sua obra recobre uma multiplicidade assombrosa de temas e artistas, da histeria ao Holocausto, de Fra Angelico a Pasolini, entre outros.

(ver mais)
Orfeu Negro
21,00€ 10% CARTÃO
portes grátis
Assírio & Alvim
28,00€ 10% CARTÃO
portes grátis