Democratizar a Democracia

Os Caminhos da Democracia Participativa

de Boaventura de Sousa Santos

editor: Edições Afrontamento
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i
Este volume apresenta várias experiências de democracia participativa em contextos urbanos e rurais em luta contra a trivialização da cidadania e em prol de uma vida democrática de alta intensidade.

Democratizar a Democracia

Os Caminhos da Democracia Participativa

de Boaventura de Sousa Santos

ISBN: 9789723606768
Editor: Edições Afrontamento
Idioma: Português
Dimensões: 167 x 233 x 29 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 568
Tipo de produto: Livro
Coleção: Reinventar a Emancipação Social: para no
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Ensaios Livros em Português > Política > Política em Geral
EAN: 9789723606768
Idade Mínima Recomendada: Não aplicável
e e e e e

Obra incontornável nesta temática

Carlos Gomes

Uma produção de um autor ímpar na sociologia em Portugal e no Brasil! Esta obra apresenta-se como uma compilação de artigos - criteriosamente seleccionados - sobre casos/exemplos de participação democrática. É um tema mais do que actual e fundamental para o futuro da democracia.

e e e e E

Um livro temático sobre democracia de um autor de renome

Micael Sousa

cada vez mais se vai debatendo o presente e futuro da democracia. Numa época de crise, em que o próprio sistema democrático sobre de influência pela crise económico-social, as atenções sobre o estudo da democracia e do modo da renovar estão na ordem do dia. Este é um livro importante, escrito em português e de um autor de prestígio, para o estudo e reflexão sobre o futuro da democracia e as novas práticas experimentais de democracia participativa, deliberativa e monitoral.

Boaventura de Sousa Santos

Professor catedrático na Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra, nascido em 1940, em Coimbra, é Diretor do Centro de Estudos Sociais (C.E.S.) e da sua revista, a Revista Crítica de Ciências Sociais.
Tem-se debruçado sobre as questões da cidadania, dos modos de produção de poder social, da análise da sociedade portuguesa e da globalização. A crise do modelo civilizacional com um todo, ou, para utilizar as suas palavras, do paradigma da modernidade, é analisada por Boaventura de Sousa Santos nas suas várias dimensões: epistemológica (Um Discurso Sobre as Ciências, 1988 ou Introdução a uma Ciência Pós-Moderna, 1989), política e cultural (Pela Mão de Alice. O Social e o Político na Pós-Modernidade, 1994).
Analisando a sociedade portuguesa, posiciona Portugal naquilo a que chama semiperiferia do sistema mundial.
Debruçando-se sobre as ciências, delineou o paradigma emergente, que será não apenas um paradigma científico mas também um paradigma social, já que surge numa sociedade ela própria revolucionada pela ciência (Um Discurso Sobre as Ciências, 1988).
Em 2001 ganhou o prémio o prestigiado prémio de Ciências Humanas e Educação do Brasil, Jabuti 2001, com a sua obra A Crítica da Razão Indolente: Contra o Desperdício da Experiência.
De salientar que Boaventura de Sousa Santos é o autor do primeiro estudo aturado sobre o sistema judicial português.

(ver mais)
Edições Afrontamento
18,17€ 10% CARTÃO
portes grátis
Edições Afrontamento
18,17€ 10% CARTÃO
portes grátis
20%
Edições Almedina
29,61€ 10% + 10% CARTÃO
portes grátis
Poética Edições
13,50€ 15,00€
portes grátis
Edições Humus
12,72€ 10% CARTÃO
Chiado Books
14,00€ 10% CARTÃO