Branca Morte

de Eduarda Chiote

editor: & Etc., abril de 1994
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i

Branca Morte

de Eduarda Chiote

Propriedade Descrição
ISBN: 0144000126029
Editor: & Etc.
Data de Lançamento: abril de 1994
Idioma: Português
Dimensões: 172 x 152 x 13 mm
Páginas: 54
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Poesia
EAN: 0144000126029
Idade Mínima Recomendada: Não aplicável
Eduarda Chiote

De formação filosófica, trabalhou em áreas diversificadas: psicologia industrial, cinema, literatura. Gosta de ideias claras, belas e desafiantes e encara a escrita como um vício. Estreou-se nesta em 75 com «Esquemas» (poesia), a que se seguiram "Estilhaços" (fragmento poético incluído na «Nova Poesia Portuguesa I») e «Travelling» (em parceria com Helga Moreira). A partir de «A Décima Terceira Ilha» (ficção) - "um texto inteligente porque nele a vida pouco colhe de sonho. A sua violência encontra-se na subjacente aspiração ao real verdadeiro a esse mito «As crianças não escolhem, dizem tudo»" (Ana Hatherly, Colóquio) -, opta pela poesia e publica mais seis livros: «Altas Voam Pombas», «A Preços de Ocasião», «Branca Morte», «A Celebração do Pó», «Não me Morras» e «O Meu Lugar à Mesa» (Prémio Teixeira de Pascoaes). Regressa à ficção com «Não É Preciso Gritar» com a mesma violência onde "se precipita o amor e o desencontro". No prelo, a ser publicado ainda em 2008, está «Poesia Completa», incluindo um livro inédito, "Mater".

(ver mais)
Órgãos Epistolares

Órgãos Epistolares

10%
Edições Afrontamento
12,00€ 10% CARTÃO
Fiat Lux

Fiat Lux

10%
Edições Afrontamento
12,00€ 10% CARTÃO
Obra Poética

Obra Poética

10%
Edições Afrontamento
16,00€ 10% CARTÃO
portes grátis
Areia de Same

Areia de Same

10%
Correio dos Navios
10,00€ 10% CARTÃO