20% de desconto

Ano Comum

de Joaquim Pessoa

editor: Edições Esgotadas
Sobre a obra, Teresa Sá Couto, no Posfácio, afirma: "Em Joaquim Pessoa, «tudo é matéria da poesia», porque as palavras dos poetas juntam-se a outras palavras para procurarem um caminho, e porque «o azul tem sempre a cor que nós quisermos.». Todavia, na obra do autor, há aqueloutro Tudo unificador, onde se reúnem todas as outras coisas: o Amor, «sempre o amor, sempre o soluçante líquido da vida», na formulação de Walt Whitman, o amor cujo mel «tem o esforço da abelha», e que, ávido, pede para ser construído todos os dias ou dito assim em Ano Comum: «Tenho sede quando te beijo. Quando não te beijo tenho sede.».

Ano Comum

de Joaquim Pessoa

ISBN: 9789898514714
Editor: Edições Esgotadas
Idioma: Português
Dimensões: 161 x 230 x 23 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 396
Tipo de produto: Livro
Coleção: Versus
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Poesia
EAN: 9789898514714
e e e e e

Um excelente livro para ler, reler e degustar!

Ana Ribeiro

É um excelente livro para ter na mesa-de-cabeceira e ler uns textos todas as noites. Gostei bastante dele, independentemente de ter demorado muito ou não a lê-lo, Joaquim Pessoa conquista rapidamente o leitor com a sua maturidade de escrita, com a simplicidade, delicadeza e leveza dos seus textos. Às vezes de apenas uma frase. Com a diversidade de géneros literários em que escreve, entre a ficção e a realidade. Sobre os mais diversos temas. Um livro que vale a pena ler e reler. Que vos convido a degustar!

Joaquim Pessoa

Joaquim Maria Pessoa (Barreiro, 22 de fevereiro de 1948), conhecido por Joaquim Pessoa, é um poeta, artista plástico, publicitário e estudioso de arte pré-histórica português.

Com formação na área de marketing e da publicidade, foi diretor criativo e diretor-geral de várias agências de publicidade e autor ou co-autor de diversos programas de televisão (1000 Imagens, Rua Sésamo, 45 Anos de Publicidade em Portugal, etc.). Foi diretor pedagógico e professor da cadeira de Publicidade no Instituto de Marketing e Publicidade, em Lisboa, e professor no Instituto Dom Afonso III, em Loulé.

Desempenhou durante seis anos (1988-1994) o cargo de director da Sociedade Portuguesa de Autores. em colaboração com Luís Machado, organizou em 1983 o I Encontro Peninsular de Poesia, que reuniu prestigiados nomes da poesia ibérica. Conta com mais de 600 recitais da sua poesia, realizados em Portugal e no estrangeiro. Foi director literário da Litexa Editora, diretor do jornal Poetas & Trovadores, colaborador das revistas Sílex e Vértice e do jornal a Bola.

Foi um dos fundadores da cooperativa artística Toma Lá Disco, com Ary dos Santos, Fernando Tordo, Carlos Mendes, Paulo de Carvalho e Luiz Villas-Boas, entre outros. Viu o seu nome ser atribuído a arruamentos na Baixa da Banheira (concelho da Moita) e no Poceirão (concelho de Palmela).

« Um mundo de palavras. Língua que lambe o universo para espanto da imobilidade das estrelas »

(ver mais)
20%
Edições Esgotadas
9,60€ 12,00€
portes grátis
20%
Edições Esgotadas
10,40€ 13,00€
portes grátis
20%
Edições Esgotadas
12,00€ 15,00€
portes grátis
20%
Editorial Caminho
7,20€ 9,00€
portes grátis
20%
Editorial Caminho
9,52€ 11,90€
portes grátis