10% de desconto

A Viúva Grávida

de Martin Amis

editor: Quetzal Editores, abril de 2010
Estamos no Verão 1970 - um Verão longo e quente. Num castelo em Itália, meia dúzia de jovens flutuam sobre um mar de mudança, levados na corrente da revolução sexual. As raparigas comportam-se como rapazes e os rapazes continuam a portar-se como rapazes. E Keith Nearing - um estudante de literatura com vinte anos, às voltas com o romance inglês - luta para que o feminismo e o novo poder das mulheres reverta a seu favor.
A revolução sexual pode ter sido uma revolução de veludo, mas não aconteceu sem derramamento de sangue...
A Viúva Grávida é uma comédia de costumes, um pesadelo. Um livro brilhante, assombroso e gloriosamente arriscado. É Martin Amis no auge da sua audácia.

«O melhor escritor inglês da sua geração.»
Independent on Sunday

«Possivelmente o autor da nossa era com mais engagement
The Times

«Amis é de primeiríssima água: na argumentação, na inventividade, na demosntração, na paródia; e consegue chocar e divertir de uma cajadada.»
Observer

«"Os rapazes ganharam", disse a enteada dele, Silvia. "Outra vez."
"Detesto ouvir isso", disse Keith.
"Eu detesto dizê-lo."
Silvia cursara Sexo (no sentido de Género) na Universidade de Bristol. E era agora uma daquelas «crianças» jornalistas que, aos vinte e três anos, já escrevia uma muito discutida coluna semanal num dos grandes jornais. Leith conhecera-a quando ela tinha catorze - em 1994, quando ele vendera o seu grande duplex em Notting Hill e se mudara para a casa por cima do Health. Silvia tinha herdado a aparência da sua mãe, mas nenhuma da insana alegria desta; era um daqueles espíritos tórpidos que causavam riso a toda a gente menos a si mesma.
"Portanto, contrariamente ao teu melhor juízo", disse ela torpidamente, "dás por ti a passar a noite com um jovem. E são todos iguais. Não interessa quem. Um replicante com fato de quem trabalha na City. Um mal-cheiroso qualquer com uma camisola do Arsenal. E, na manhã seguinte, por hábito, tu dizes-lhe, sabes como é, quando puderes telefona-me. E ele fica a olhar para ti. Como se fosses uma leprosa que o tivesse acabado de pedir em casamento. Porque telefona-me é chantagem emocional, compreendes. E o compromisso não é permitido. Os rapazes ganharam. Outra vez."»

A Viúva Grávida

de Martin Amis

Propriedade Descrição
ISBN: 9789725648629
Editor: Quetzal Editores
Data de Lançamento: abril de 2010
Idioma: Português
Dimensões: 153 x 230 x 35 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 536
Tipo de produto: Livro
Coleção: Serpente Emplumada
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Romance
EAN: 9789725648629
Martin Amis

Martin Amis (Oxford, 25 de agosto de 1949 – Lake Worth, 19 de maio de 2023) foi um dos autores de língua inglesa mais importantes e controversos. Nasceu no País de Gales e é filho do escritor Kingsley Amis. A matéria-prima dos seus romances radica no absurdo da condição pós-moderna e nos excessos do capitalismo tardio das sociedades ocidentais; e o seu inconfundível estilo é compulsivo, terrivelmente vivo. Saul Bellow, Vladimir Nabokov e James Joyce eram as suas grandes referências literárias. Por seu turno, influenciou uma nova geração de romancistas, como Will Self ou Zadie Smith.

(ver mais)
O Segundo Sexo - vol 1

O Segundo Sexo - vol 1

20%
Quetzal Editores
15,04€ 18,80€
portes grátis
Lisboa Reykjavík

Lisboa Reykjavík

20%
Quetzal Editores
15,04€ 18,80€
portes grátis
Dinheiro

Dinheiro

10%
Quetzal Editores
19,90€ 10% CARTÃO
portes grátis
Outras Pessoas

Outras Pessoas

10%
Quetzal Editores
18,80€ 10% CARTÃO
portes grátis
E Então Vai Entender

E Então Vai Entender

10%
Quetzal Editores
12,00€ 10% CARTÃO
Velocidade Pessoal

Velocidade Pessoal

Esgotado
10%
Relógio D'Água
12,12€ 10% CARTÃO