10% de desconto

A Nutrição da Pessoa Idosa

de E. Alix e M. Ferry

editor: Lusodidacta, abril de 2004
VENDA O SEU LIVRO i
A qualidade de vida das pessoas idosas depende principalmente do seu estado nutricional. Cerca de metade destas pessoas sofre de má nutrição no momento em que chegam ao hospital e a frequência dos desequilíbrios alimentares no domicílio está largamente subestimada.
As consequências da má nutrição são graves, uma vez que diminui as capacidades funcionais, concorrendo, desta forma, para a perca de autonomia. Ora, estudos epidemiológicos e clínicos recentes mostram que ela pode ser prevista, despistada e tratada eficazmente, de maneira simples e acessível a qualquer pessoa.
Do fundamental ao social, esta obra muito completa desenvolve todos os aspectos desta problemática: hábitos alimentares, má nutrição, situações susceptíveis de interferir com o estado nutricional, adaptação da nutrição ao envelhecimento psicológico, alimentação em lares, etc.
Esta obra é um utensílio indispensável para a prevenção e para a terapêutica, adaptadas aos problemas de nutrição das pessoas idosas.
Dirige-se a um grande público: médicos (quer cuidem de doentes internados, quer em ambulatório, quer sejam generalistas, geriatras ou de outra especialidade), dietistas, enfermeiros, gerentes de estabelecimentos para acolhimento de idosos e responsáveis de cuidados domiciliários.
Esta obra foi coordenada pelo CLUBE FRANCÓFONO GERIATRIA E NUTRIÇÃO.

A Nutrição da Pessoa Idosa

de E. Alix e M. Ferry

Propriedade Descrição
ISBN: 9789728383732
Editor: Lusodidacta
Data de Lançamento: abril de 2004
Idioma: Português
Dimensões: 157 x 225 x 24 mm
Páginas: 412
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Medicina > Geriatria Livros em Português > Medicina > Nutrição
EAN: 9789728383732
Idade Mínima Recomendada: Não aplicável
e e e e E

Óptimo investimento

Maria Sofia Barbosa de Oliveira

É um excelente livro para quem procura um aprofundamento na área da nutrição nos idosos. Está muito bem estruturado e organizado. A única razão pela qual não dou a pontuação máxima relaciona-se com o facto de ser a tradução literal de um livro francês, ou seja, tudo o que se relaciona com estatísticas e grande parte dos estudos baseia-se na realidade francesa, e não na portuguesa (apesar de serem semelhantes). Apesar disso, recomendo bastante.