10% de desconto

A Libertação de Goa

A Visão de um Participante da História

de Pundalik D. Gaitonde

editor: Tinta da China, agosto de 2018
Goa e a Índia portuguesa: a história esquecida da primeira colónia a libertar-se do jugo de Salazar.
O que aconteceu no final de 1961, quando as regiões de Goa, Damão e Diu, contra a vontade de Salazar, foram ocupadas por tropas indianas? De que forma os goeses intensificaram a sua resistência desde que, em 1947, as forças britânicas partiram e só Portugal continuou atravessado no caminho da Índia rumo à libertação do jugo colonial? E que impacto teve esta primeira vitória contra o colonialismo português no posterior movimento de lutas de libertação das colónias africanas? Se alguém pode responder a estas questões é Pundalik D. Gaitonde: o autor de A Libertação de Goa foi um dos protagonistas da luta da Índia contra a ocupação portuguesa, conselheiro de Nehru e condenado por Portugal enquanto rebelde.

A partir de uma perspectiva privilegiada, o autor compõe um retrato único da história da resistência goesa desde o século xvi até à independência.

A Libertação de Goa

A Visão de um Participante da História

de Pundalik D. Gaitonde

Propriedade Descrição
ISBN: 9789896714468
Editor: Tinta da China
Data de Lançamento: agosto de 2018
Idioma: Português
Dimensões: 139 x 209 x 19 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 224
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > História > História de Portugal
EAN: 9789896714468
Pundalik D. Gaitonde

Pundalik D. Gaitonde (1913-1992) nasceu em Goa, então uma colónia portuguesa, descendente de uma família hindu. Estudou Medicina em Goa e em Lisboa, tendo sido aluno de Egas Moniz. Regressou a Goa em 1948, envolvendo-se na fundação do Goan National Congress, partido inspirado por aquele que lutara pela independência da Índia. Em 1954, foi detido pela PIDE por se manifestar publicamente contra um discurso em que o orador afirmou «aqui também é Portugal», tendo sido depois obrigado pela polícia política a viver no Porto.

Em 1955, foi autorizado a assistir a um congresso médico em Londres, ocasião em que foi convidado pelo governo indiano a fixar-se em Deli, tornando-se a partir daí conselheiro de Nehru para a questão goesa. Em 1961, foi secretário-geral da 1.ª Conferência das Organizações Nacionalistas das Colónias Portuguesas (CONCP), em Casablanca. Nessa altura, viajou pelos EUA e por vários países europeus, procurando apoios diplomáticos para a causa da libertação de Goa.

Depois da independência, tornou-se o primeiro membro do parlamento indiano em representação de Goa. Quando se retirou da vida política, foi viver para Londres, e tornou-se investigador do London Hospital.

(ver mais)
Goa, o Preço da Identidade

Goa, o Preço da Identidade

10%
Livros Horizonte
16,01€ 10% CARTÃO
portes grátis