20% de desconto

A Cidade de Vapor

Todos os contos

de Carlos Ruiz Zafón

Livro eBook
editor: Planeta, novembro de 2020
«Sou capaz de evocar rostos de miúdos do Barrio de la Ribera com que por vezes brincava ou lutava na rua, mas nenhum que me quisesse resgatar do país da indiferença. Nenhum, exceto o de Blanca.»

Um rapaz decide tornar-se escritor ao descobrir que as suas invenções despertam um pouco mais de interesse por parte da menina rica que lhe roubou o coração.
Um arquiteto foge de Constantinopla com os planos de uma biblioteca inexpugnável. Um estranho cavaleiro tenta Cervantes a escrever um livro como nunca existiu. E Gaudí, a caminho de um misterioso encontro em Nova Iorque, deleita-se com a luz e o vapor, a matéria de que deveriam ser feitas as cidades.

A publicação de A Cidade de Vapor, obra póstuma que reúne, pela primeira vez, 11 contos inéditos de Carlos Ruiz Zafón, é uma homenagem a que, certamente, se juntarão os seus leitores.

A Cidade de Vapor

Todos os contos

de Carlos Ruiz Zafón

Propriedade Descrição
ISBN: 9789897774300
Editor: Planeta
Data de Lançamento: novembro de 2020
Idioma: Português
Dimensões: 162 x 245 x 22 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 224
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Contos
EAN: 9789897774300
e e e e e

Maravilhoso

Cláudia Janeiro

Um livro que se inicia e se termina com um grande snif. Porque, sendo totalmente diferente de todos os outros livros de Zafón, é um conjunto de contos inegavelmente Zafoniano. É um último sopro de escrita que nos chega postumamente e que me deixou honrada e triste ao mesmo tempo. Honrada por ter tido a oportunidade de descobrir este autor e por poder ler algo de tão bonito. Triste por ser um livro de adeus. Um livro de "lembrem-se de mim e leiam tudo o que escrevi e vos deixei". Um livro de contos é algo de muito difícil de escrever. Conseguir criar uma história, conseguir provocar emoções, conseguir criar pontos de ligação com leituras anteriores, relembrar personagens. Mas, tudo isso nos é trazido por este último livro de Zafón. Só é pena ser tão curto. Mas é uma escrita inebriante e mágica, sempre com aquela atmosfera sombria e misteriosa que temos na saga iniciada com A Sombra do Vento. Um autor maravilhoso que todos deveriam ler, pelo seu génio na escrita e pela enorme homenagem que faz a escritores, a obras memoráveis, a livros inesquecíveis. E que me fez perceber que, por muitos livros que tenha para ler, preciso de reler os livros de Zafón.

e e e e e

Um escritor do submundo

Sarah Fernandes

A cada conto uma intriga e uma vontade de virar a página ou de dar mais um passo numa rua sombria e húmida da Barcelona Zafoniana para encontrar personagens inspiradoras e criaturas que caminham a seu lado, persuadindo-as a cometer delírios em nome de algo maior, de obras maiores, eternas. Mas há sempre um preço a pagar! Sempre um poço enebriante a sua leitura, com estes contos encontrei as pontas soltas de algumas dessas personagens das obras anteriores deste grande escritor que me acompanham há uns anos.

e e e e e

Que pena não haver mais...

Eduarda Bandeira

Conhecendo Carlos Ruiz Zafón dos seus romances, parece-me incrível que um conto possa construir o mesmo nível de emoções. São onze histórias de lugares que já não há, de gente que já não há. E no entanto os pequenos pedaços de vidas dos outros importam, e saber deles fica a fazer parte de nós. Acho a prosa de Carlos Ruiz Zafón inimitável porque os factos surgem sempre diluídos em pedaços de alma. Li só um conto de cada vez, para gostar dele até ao fim, e continuar a gostar ainda mais um pouco.

e e e e E

Zafón é sempre brilhante!

Ana Carvalho

Ia com receio, porque não sou grande apreciadora de contos, mas Carlos Zafón é um génio de palavras e imaginação. Adorei as histórias! O/a leitor/a é cativado/a logo de início e mesmo com poucas páginas, conseguem ser surpreendentes. Recomendo tanto para fãs como para quem quer conhecer a sua escrita pela 1ª vez.

e e e e E

ZAFON SEMPRE

Luis Vasco Jorge

Mais um livro dos muitos que nos deixado para nossa memória. Se calhar também ele a colocar na lista dos, a não deixar de ler. Que viva Zafon.

e e e e E

Voltar ao cemitério dos livros esquecidos

Cristina Rebocho

Contos que nos fazem recordar os acontecimentos e personagens da tetralogia que se iniciou com a Sombra do vento. A mesma atmosfera de mistério e sobrenatural que sobreviveu ao longo da escrita de Zafón. Um belo livro que nos permite homenagear este autor que nos deixou este ano.

e e e e e

Neblina

Paula Dinora Peixoto Dias da Silva

Mais uma grande obra. Pena que seja a última. Como sempre, não se consegue interromper a leitura.

e e e e e

Até Sempre, Zafon!

Rita Duarte

Uma obra tocante, humana, zafoniana. Na última compilação do autor, já depois da sua morte, um Obrigada enorme a Emile pelo cuidado sempre presente na edição dos contos. Voltei a estar na Barcelona de Zafon, nessa cidade caprichosa onde os nossos personagens ganham ainda mais profundidade, com estas histórias de detalhe, que explicam tanto. A obra perfeita para homenagear e recordar! 5 estrelas não lhe faz jus.

e e e e e

Zafon para Sempre.

AFerreira

Revivo as historias todas passadas e sentimentos, a neblina sempre presente nas suas obras como o portal do imaginário. As personagens cheias de misterios e historias incontaveis, tristes, alegres, impossiveis, infinitas, secretas, esquecidas nunca. Numa obra que nos remete para todas as passadas e futuras que Zafon continuara a escrever na nossa imaginação. A neblina, o vapor a sombra sempre presente. Ora esconde ora revela. Zafon vive. Ninguém jamais fica indiferente depois de o ler. E Barcelona, como passeio por aquela Barcelona em cada pagina que vivo.

e e e e e

Homenagem

Maria D.

Um conjunto de contos reunidos do excelente contador de histórias, Carlos Ruiz Zafón. “A Cidade de Vapor” é uma homenagem ao autor e é, sem dúvida, uma leitura com algum sabor a despedida. A nossa sorte será poder reler este grande escritor e regressar à sua Barcelona.

e e e e e

Um último adeus!

Ana Rodrigues

Um livro espetacular, uma última memória escrita de um autor memorável. Sem dúvida recomendo a compra.

e e e e e

Encantos de Barcelona

Filipa Reis

O Zafón tem (que tenha a alma em descanso) o condão de nós transportar para os locais através das palavras. A Cidade de Vapor vem dar continuidade ao fascínio por Barcelona!

e e e e e

A Cidade de Vapor

FS

Que saudades do Zafón. Este livro encaminha-nos a um "rewind" de memória. Para quem leu a obra de Zafón, este livro de contos faz relembrar as personagens de histórias passadas.

e e e e e

Uma homenagem

Carlos Monteiro Pereira

Defino Zafón como um autor que, para além de escrever, nos faz sentir. Este livro, que reúne os seus contos e desenvove algumas das personagens a quem fomos sendo apresentados na sua obra, é uma homenagem a um homem escritor que, ao partir, deixou ficar aos seus leitores um mundo diferente

Carlos Ruiz Zafón

Carlos Ruiz Zafón (1964-2020) nasceu em Barcelona. Iniciou a sua carreira literária em 1993 com El Príncipe de la Niebla (Prémio Edebé), a que se seguiram El Palacio de la Medianoche, Las Luces de Septiembre (reunidos no volume La Trilogía de la Niebla) e Marina. Em 2001 publicou A Sombra do Vento, que rapidamente se transformou num fenómeno literário internacional. Com O Jogo de Anjo (2008) regressa ao Cemitério dos Livros Esquecidos. As suas obras foram traduzidas em mais de quarenta línguas e conquistaram numerosos prémios e milhões de leitores nos cinco continentes. Carlos Ruiz Zafón viveu em Los Angeles e, além dos seus romances, colaborou em jornais como La Vanguardia ou o El País.

(ver mais)
A Sombra do Vento

A Sombra do Vento

20%
Planeta
15,92€ 19,90€
portes grátis
Marina

Marina

20%
Planeta
15,08€ 18,85€
portes grátis
Não Mais Amores

Não Mais Amores

20%
Alfaguara Portugal
19,16€ 23,95€
portes grátis
A Menina dos Anos

A Menina dos Anos

20%
Casa das Letras
12,72€ 15,90€
portes grátis