10% de desconto

Tempestade de Guerra

Parte 2

de Victoria Aveyard

editor: Saída de Emergência, novembro de 2019
Uma aliança está prestes a desfazer-se. Qual o poder que vencerá?
No tão aguardado desfecho desta série, qual o poder que vencerá depois de a tempestade de guerra passar?

A traição praticamente destruiu Mare Barrow, e a jovem não olha a meios para derrubar o governo de Norta e retirar a Maven o poder que este detém. Avizinha-se uma longa e dura batalha. Mas nenhuma guerra pode ser vencida sem ajuda, e Mare vê-se obrigada a aliar-se ao jovem que partiu o seu coração para derrotar aquele que quase a destruiu. Os poderosos aliados Prateados de Cal, juntamente com Mare e a Guarda Escarlate, provam ser uma força imbatível. Mas Maven é guiado por uma obsessão profunda e fará qualquer coisa para ter Mare de volta, mesmo que isso signifique destruir todos os que se atravessem no seu caminho.

Na segunda parte da conclusão desta extraordinária série, a guerra aproxima-se e tudo aquilo por que Mare lutou está em suspenso. Será a vitória suficiente para derrubar os Prateados?

«Aveyard tece um novo mundo cheio de desafios e surpresas repletas de ação e emoções fortes… Inventivo e com personagens intensas.»
Kirkus

Tempestade de Guerra

Parte 2

de Victoria Aveyard

Propriedade Descrição
ISBN: 9789897731778
Editor: Saída de Emergência
Data de Lançamento: novembro de 2019
Idioma: Português
Dimensões: 157 x 229 x 17 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 272
Tipo de produto: Livro
Coleção: A Rainha Vermelha
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Literatura Fantástica
EAN: 9789897731778
e e e e e

Excelente!!

Inês

Achei estranho a editora portuguesa ter feito Parte 1 e Parte 2 para "Tempestade de Guerra" (na versão original, é um único livro), mas isso não interfere com a qualidade de leitura. A história é bem desenvolvida, com personagens muito bem construídos e uma aventura deliciosa! Recomendo a todos os que começaram a saga, pois é um grande final.

e e e e E

Bom

FF

Este livro é a continuação do primeiro volume de Tempestade de Guerra, por isso a guerra continua. Dá vontade de não parar de ler para se saber como acaba a guerra.

e e e e E

Ora bolas! Será que ainda não terminou?!

Magda Neves

O termo da saga! Ou será que não? Houve um fecho da história, da guerra, mas será que ficou por aqui? Ou será que sou eu que queria um epílogo mais longo? Talvez! Não houve um clímax… ou melhor … houve um clímax, mais do que um, mas … também não aquele que eu esperava! Se calhar … acabei surpreendida! Isso é bom!

e e e e e

Ótimo!

Carolina

Ótimo livro. Foi um incrível fecho para esta maravilhosa saga. Recomendo!

e e e e e

Perfeito!

Madalena

A melhor conclusão que se poderia dar à saga da Rainha Vermelha. O final é um pouco estranho mas podemos perceber que era a coisa certa a fazer. Achei o livro perfeito! Recomendo.

e e e e e

cada um melhor do que o outro

NC

Adorei a série na totalidade. Até foi a primeira vez que me emocionei com parte do livro. Todas as personagens são ricas e mesmo as más, acabam por nos fazer apaixonar. O fim deixa água na boca, de perceber o que terá acontecido. Relativamente a tradução da inteira saga devo apontar que tem várias falhas e muitas palavras mal traduzidas ou em brasileiro. A editora tenho a dizer que foi um bom esforço trazer para portugal esta saga e que deviam apostar mais nela, penso que não existem assim tantas traduções em português de livros de fantasia. Fico muito decepcionada que não tenham traduzido para português o Broken Throne, visto que sem este livro a saga não fica completa. Tive que acabar por comprar o livro em português para não deixar está história maravilhosa a meio.

e e e E E

O fim

Susana

Achei que não era necessário dividir o livro em duas partes. Foi um final com sabor a pouco.

e e e E E

Sem corresponder às expectativas

Rita G.

Toda a história de "Tempestade de Guerra", foi um pouco aborrecida para mim. O final não foi do meu agrado. Eu percebo que a autora tenha querido fazer das questões políticas e sociais o centro da trama, mas achei que as relações interpessoais dos personagens foram... meh. A Mare irritou-me imenso! Achei-a até um pouco egoísta, porque ela nunca tentava compreender as decisões de pessoas importantes para ela. Then again, a personagem dela é uma adolescente.... Por isso é que eu acho que este tipo de histórias deviam de ser acerca de personagens na casa dos 20 anos. Cheguei a ler um comentário à saga que referia: "Se a Mare não se torna rainha, então porque é que a saga se chama Rainha Vermelha?" Tenho que concordar! Fiquei com a ideia que autora, nesta saga, representou a monarquia como sendo um poço de corrupção e a democracia como sendo a salvação do mundo. A meu ver o que estava mal não era o caso de monarquia/democracia, mas sim a disparidade que havia entre as diferentes etnias (vermelhos/prateados/sangue-novos). Isso podia ser solucionado sem necessariamente ter mudado o regime político, a meu ver. Afinal, não é esta saga a "Rainha Vermelha"?

Victoria Aveyard

Victoria Aveyard é uma autora bestseller com formação em Escrita de Argumentos pela Universidade do Sul da Califórnia que, tendo verificado que todas as histórias boas para filmes já tinham sido usadas (e as más também), decidiu escrever uma: Rainha Vermelha. Vive em Los Angeles. A série Rainha Vermelha já foi traduzida para mais de 40 línguas. Mais informações em victoriaaveyard.com

(ver mais)
Tempestade de Guerra

Tempestade de Guerra

10%
Saída de Emergência
17,70€ 10% CARTÃO
portes grátis
Rainha Vermelha

Rainha Vermelha

10%
Saída de Emergência
18,50€ 10% CARTÃO
portes grátis
Espada de Vidro

Espada de Vidro

10%
Saída de Emergência
18,80€ 10% CARTÃO
portes grátis
Cinco destinos negros

Cinco destinos negros

50%
Porto Editora
11,31€ 40% + 10% CARTÃO