10% de desconto

Sonetos

de Carlos Luna

editor: Chiado Books, julho de 2018
Sou o que Sou

Lendo Florbela quis fazer sonetos,
e ouvindo Ary quis mudar o Mundo:
estrofes de Camões foram amuletos,
cantá-las saía-me cá do fundo!

Com o tempo fui fazendo panfletos
em toada errante de vagabundo;
consegui até esboçar folhetos,
e neles expressar saber profundo

Já não me interessa outro qualquer ser,
se não aquilo em que me sinto eu...
Nem penso com quem me posso parecer!

Será egoísmo? Não, porque só é meu
o sentimento que em palavras tecer
e ficar no coração de quem o leu...

Sonetos

de Carlos Luna

Propriedade Descrição
ISBN: 9789895231997
Editor: Chiado Books
Data de Lançamento: julho de 2018
Idioma: Português
Dimensões: 138 x 216 x 18 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 252
Tipo de produto: Livro
Coleção: Prazeres Poéticos
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Poesia
EAN: 9789895231997
Carlos Luna

Carlos Eduardo da Cruz Luna, nasce a 16-Março-1956 Professor de História, há 40 anos, do Ensino Secundário, quase sempre em Estremoz, licenciado (em História).
Um entusiasta de grandes causas, um pouco sonhador, seguidor do princípio do Poeta Aleixo:

"Que importa perder a vida / na luta contra a traição, / se a razão, mesmo vencida, / não deixa de ser razão".

Casado e sem razões de queixa, dois filhos (uma e um).
Escreveu e escreve sobre muitas coisas, normalmente batendo-se por causas que considera justas, desde a liberdade para a Papuásia Ocidental até aos Direitos do Povo Curdo ou a independência do Sahara Ocidental, desde a ecologia até ao desenvolvimento sustentado de Portugal... que não seja feito contra ninguém.
Não gosta do pessimismo, não porque ele por vezes não tenha razão para existir, mas porque acredita que só nós, Portugueses, nos podemos mudar a nós próprios.
Daí que, embora goste da Literatura de Saramago, considera um disparate as suas ideias sobre a integração de Portugal em Espanha (ou em qualquer outro País), embora não seja contra a ideia de a Humanidade se federar toda e de até surgirem uniões de Países, equilibradas, de que Portugal poderá fazer parte.
Escreveu um livro em 1994 (Nos Caminhos de Olivença), antes do presente Sonetos sobre poesia (2018).
Vai muito a Congressos e Colóquios, como interveniente.
Faz poesia, às vezes, mas, em livro, é a primeira vez que tem algo publicado.

(ver mais)
Brigite no País das Armadilhas

Brigite no País das Armadilhas

10%
Chiado Books
11,00€ 10% CARTÃO
Avevivo

Avevivo

10%
Chiado Books
14,40€ 16,00€