Rosa do Riboque e Outros Contos

Livro 1

de Albertino Bragança

editor: Editorial Caminho, abril de 1997
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i
Sobem, do mercado do ponto, as casas de madeira assentes em estacas, a noite, as mesas aluminadas onde se vende aguardente, tomates especiarias, cigarros, malagueta. O Bairro do Riboque. Correm as galinhas, de um lado para o outro, empurram as cabras as crias, dignas e indiferentes. Rosas, há-as aos montes: as adolescentes encostadas às portas ou sentadas, a falarem, com a popelina colorida justa, o peito e as coxas firmes. Albertino Bragança salvou uma da morte: a sua Rosa do Riboque.

Rosa do Riboque e Outros Contos

de Albertino Bragança

Propriedade Descrição
ISBN: 9789722111560
Editor: Editorial Caminho
Data de Lançamento: abril de 1997
Idioma: Português
Dimensões: 133 x 209 x 17 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 104
Tipo de produto: Livro
Coleção: Uma Terra sem Amos
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Romance
EAN: 9789722111560
Idade Mínima Recomendada: Não aplicável
Albertino Bragança

Albertino Homem dos Santos Sequeira Bragança nasceu em S. Tomé, em 9 de março de 1944, tendo ali realizado os ensinos primário e secundário até 1963 e frequentado a Universidade de Coimbra (Faculdade de Ciências) entre 1964 e 1969.

Regressado ao país após a independência, a par da sua atividade como técnico de educação (sector onde desempenhou diversos cargos diretivos), dedicou-se a intensa atividade cultural, tendo criado em 1984, com Frederico Gustavo dos Anjos e Armindo Aguiar, as Edições Gravana Nova, que tiveram o mérito de dar à luz Bandeira Para Um Cadáver, de Frederico Gustavo dos Anjos, e Rosa do Riboque e Outros Contos, de sua autoria.
Em 1985 organiza, com a reputada poetisa Alda do Espírito Santo e a plêiade de jovens dedicados às artes e letras de S. Tomé e Príncipe, a União Nacional de Escritores e Artistas de S. Tomé e Príncipe (UNEAS), de que é Secretário-Geral.

Presença ativa em eventos de caráter cultural, no país e no estrangeiro, foi o representante do seu país às discussões atinentes ao Acordo Ortográfico de Língua Portuguesa (Academia Brasileira de Letras, Rio de Janeiro (1986), e Academia de Ciências de Lisboa, Lisboa, 1990), participou no país e no estrangeiro em múltiplos eventos de índole literária e cultural e teve intervenção preponderante, na qualidade de Ministro dos Negócios Estrangeiros, nos preparativos inerentes à criação da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, de que é, desde 2006, Embaixador de Boa Vontade.
Exerceu, a partir de 1991, importantes funções partidárias, governativas e parlamentares.

(ver mais)
Filhos da Pátria

Filhos da Pátria

10%
Editorial Caminho
9,90€ 10% CARTÃO
O Dia das Calças Roladas

O Dia das Calças Roladas

10%
Editorial Caminho
10,90€ 10% CARTÃO