Wook.pt - Revista Crítica de Ciências Sociais - Nº 42

Revista Crítica de Ciências Sociais - Nº 42

Maio de 1995 - A Sociedade-Providência

de Boaventura de Sousa Santos 

8,83€
Esgotado ou não disponível.
Sinopse

João Arriscado Nunes
"Com Mal ou com Bem, Aos Teus te Atém": as solidariedades primárias e os limites da Sociedade-Providência (pp. 5-25) A sociedade-providência, outrora denunciada como um conjunto de sobrevivências de raiz rural e pré-moderna destinadas a desaparecer sob o impulso da urbanização, da modernização e da expansão da regulação pelo mercado e pelo estado, tem vindo a ser recuperada e transcodificada por diferentes quadrantes políticos como fenómeno pós-moderno e como resposta aos problemas da solidariedade social na era do capitalismo desorganizado, através da transferência para a sociedade civil das funções de protecção antes atribuídas ao estado. Este processo é acompanhado de uma tendência para ignorar problemas ligados às virtualidades e limites da sopciedade-providência, revelados pela investigação sobre o fenómeno em países como Portugal. Neste artigo, procura-se identiificar e discutir alguns desses problemas, especialmente os que radicam no carácter ancorado das relações sociais que configuram a sociedade-providência.

Nancy Fraser e Linda Gordon
Contrato versus Caridade. Porque Não Existe Cidadania Social nos Estados Unidos? (pp. 27-52) Propõe-se, neste artigo, uma leitura crítica da cultura política dos Estados Unidos da América: interrogam-se os motivos pelos quais a "cidadania social" tem estado relativamente ausente do discurso político e das concepções dominantes de cidadania na sociedade americana. Com base numa releitura critica da obra de T. H. Marshall, interrogam-se os processos que, nos Estados Unidos da América, conduziram à bifurcação da cidadania em duas esferas separadas (a cidadania civil, regida pela lógica do contrato, e a cidadania social, regida pela lógica da caridade) e, consequentemente, à desvalorização dos direitos sociais relativamente aos direitos civis.

Claude Martin
Os Limites da Protecção da Família. Introdução a Uma Discussão Sobre as Novas Solidariedades na Relação Família-Estado (pp.53-76) No quadro do actual debate em torno da evolução dos sistemas públicos de protecção social, analisam-se as teses desenvolvidas em França sob a designação de "economia solidária", para mostrar alguns dos seus pressupostos e limites.
Sem abandonar a ideia de que o trabalho continua a ser o vector principal da integração e do acesso à cidadania, os defensores das teses da "economia solidária" propõem um compromisso entre economia monetária e não monetária, que passa pelo estímulo às formas de reciprocidade entre os cidadãos e pela associação destes à concepção e gestão dos serviços que lhe são destinados.
Porém, a experiência (escassa) de projectos neste sentido mostra que uma tal proposta corre o risco de se realizar de uma forma muito desigual, ao deixar de fora os estratos sociais menos aptos a "tomarem a palavra" e menos providos de capital relacional para investir na reciprocidade. Assentando ainda numa concepção eufemizada das solidariedades familiares, ela pode conduzir ao resultado perverso de um aumento das desigualdades em função do carácter particularista e selectivo daquelas solidariedades.

Aldaiza Sposati e Fernanda Rodrigues
Sociedade Providência: uma estratégia de regulação social consentida (pp. 77-104) O artigo discute a questão da solidariedade no campo das políticas sociais, analisando especificamente a solidariedade no contexto da rede de reciprocidades que se estabelece entre aqueles que têm mais difíceis condições de vida. O artigo sintetiza elementos e reflexões de um estudo comparado entre o Brasil e Portugal, sociedades (diferentemente) perpassadas pela designada crise do Estado de Bem-Estar Social.
A "sociedade-providência" é analisada nalgumas das suas manifestações, designadamente na sua função de enfrentamento das necessidades de reprodução social, bem como na vertente da relação com a garantias estatais de provisão social. A par da sua característica de oposição ao conformismo, a "sociedade-providência", como mecanismo baseado em sólidos valores de coesão, é encarada como campo de potencial substituição das obrigações estatais.

Fortunata Piselli
A Sociedade-Providência na Esfera Económica (pp. 105-123) Com base nos resultados de uma investigação realizada em quatro aldeias do concelho de Coimbra, o artigo procura mostrar a importância das redes de solidariedade da sociedade-providência na organização da vida produtiva e na satisfação das necessidades de reprodução social das famílias.
Demonstrando o carácter plurifacetado, complexo e dinâmico das relações que constituem a sociedade-providência, o artigo equaciona os efeitos que as transformações económicas, políticas e sociais decorrentes da revolução de 25 de Abril de 1974 exerceram nas comunidades em análise, potencializando e revitalizando as redes locais de solidariedade.

Pedro Hespanha e Ana Isabel Alves
A Habitação em Meio Rural, Um Domínio da Sociedade-Providência (pp. 125-153) A questão do alojamento em áreas rurais continua, em grande medida, fora da esfera do Estado e fora da esfera do mercado. E, no entanto, alguns indicadores relacionados com a habitação em casa própria ou o fenómeno da descoabitação [separação dos agregados domésticos], parecem sugerir que essa questão tem encontrado uma resposta satisfatória no quadro dos recursos locais.
Procurando testar a hipótese da Sociedade-Providência neste domínio particular, os autores dão conta dos resultados de um estudo sobre as práticas de autoconstrução de habitação realizado numa aldeia, para mostrar como as redes de parentesco e de vizinhança são mobilizadas ao longo de todo o processo que conduz à habitação própria. Analisam-se sucessivamente, as estratégias de acumulação e de agenciamento de recursos, os sistemas de preferências e de prioridades relacionados com o trabalho e o modo de vida, a morfologia das redes de entreajuda e os padrões de reciprocidade, as formas de relacionamento com as instituições burocráticas e a opção entre a legalidade e a clandestinidade na superação dos entraves burocráticos.

Sílvia Portugal
As mãos que embalam o berço: um estudo sobre redes informais de apoio à maternidade (pp. 155-178) Apresentam-se as hipóteses centrais, e alguns resultados, de uma pesquisa, em fase de conclusão, que parte do conceito de sociedade-providência, para discutir o papel da dádiva e das relações interpessoais de solidariedade na provisão das necessidades sociais dos indivíduos e das suas famílias.
Utilizando contributos da "teoria das redes", procura-se conhecer, para um domínio específico - as necessidades das famílias em termos de cuidados às crianças - os actores envolvidos e o tipo de assistência que prestam. Sublinhando-se a importância fundamental das solidariedades femininas, conclui-se pelo papel fulcral do "parentesco restrito" e pela forte matrilinearidade das redes de apoio.

Revista Crítica de Ciências Sociais - Nº 42
ISBN: 1273000230505Edição ou reimpressão: Editor: Centro de Estudos Sociais de CoimbraIdioma: PortuguêsPáginas: 198Tipo de Produto: Livro Classificação Temática: Livros em Português > Ciências Sociais e Humanas > Sociologia
X
Coloque aqui o seu comentário
Revista Crítica de Ciências Sociais - Nº 42
a sua avaliação:
X
Obrigado pela sua contribuição!

O seu comentário foi enviado para validação.

Nota:
A WOOK reserva-se ao direito de não validar textos que não se foquem na análise do conteúdo do livro ou produto. Caso pretenda colocar alguma questão sobre o artigo deverá fazê-lo através do Centro de Contacto.
X
imagem
X
wook deve saber
Promoção válida para o dia 24-07-2017

Saiba mais sobre preços e promoções consultando as nossas condições gerais de venda.
X
alerta de artigo novamente disponível

De momento, este produto não se encontra disponível no fornecedor. Caso o mesmo volte a ficar disponível, poderemos notifica-lo, bastando para tal que nos indique o seu endereço de email.

X
O seu pedido foi registado com sucesso.
Caso este produto fique disponível, será alertado por email
X
wook deve saber
Este eBook pode ser lido em qualquer dispositivo com browser, sem necessidade de fazer o download de qualquer software ou de possuir qualquer tipo de equipamento específico de leitura.
Após a compra, o eBook é disponibilizado de imediato na sua Biblioteca Wook, onde poderá ler e organizar todos os seus eBooks e à qual poderá aceder a partir do site WOOK ou da nossa aplicação (APP).
A versão web da Biblioteca Wook está otimizada para as versões mais recentes dos browsers Google Chrome, Internet Explorer, Safari, Firefox e Edge.
Para otimizar o acesso à sua Biblioteca Wook e ter acesso à opção de leitura em modo offline (sem ligação à internet) deverá instalar a nossa APP de leitura:
X
wook deve saber
Este eBook está encriptado com DRM (Digital rights management) da Adobe e é aberto na aplicação de leitura Adobe Digital Editions (ADE) ou em outras aplicações compatíveis.
Após a compra, o eBook é de imediato disponibilizado na sua área de cliente para efetuar o download.

Para ler este eBook num computador instale a aplicação Adobe Digital Editions.
Antes de instalar o Adobe Digital Editions, veja aqui o vídeo de ajuda:
Para ler este eBook em tablet e smartphone instale a aplicação Adobe Digital Editions para IOS ou Android.
X
wook deve saber
O PDF é um formato de arquivo digital desenvolvido pela Adobe e que disponibiliza uma imagem estática das páginas do livro e, independentemente do dispositivo de leitura, não redimensiona o texto ao tamanho do ecrã do dispositivo.
X
wook deve saber
O ePUB é um formato que proporciona uma excelente experiência de leitura dado que permite o redimensionamento do texto ao ecrã do dispositivo de leitura, aumentar ou diminuir o tamanho do texto, alterar o tipo de fonte, entre outras funcionalidades
X
recomendar
Revista Crítica de Ciências Sociais - Nº 42 de Boaventura de Sousa Santos 
Para recomendar esta obra a um amigo basta preencher o seu nome e email, bem como o nome e email da pessoa a quem pretende fazer a sugestão. Se quiser pode ainda acrescentar um pequeno comentário, de seguida clique em enviar o pedido. A sua recomendação será imediatamente enviada em seu nome, para o email da pessoa a quem pretende fazer a recomendação.

A sua identificação:

A identificação da pessoa a quem quer recomendar este titulo:

Se pretende enviar esta recomendação para mais de um endereço de e-mail, separe na caixa anterior os endereços com ",". Ex: abc@abc.pt,xyz@xyz.pt

X
A sua recomendação foi enviada com sucesso!
X
Ocorreu um erro a obter a informação! Por favor tente mais tarde.
X
não encontrou wook procura?
Nós procuramos por si!

A sua identificação:

A identificação do livro que procura:

O seu pedido foi enviado com sucesso!
X
envie esta lista aos seus amigos
lista de desejos

A identificação da pessoa a quem quer enviar esta lista:

X
A sua lista de compras foi enviada com sucesso para .
X
selecione o livro adotado:
X
wook deve saber


Oferta de portes válida para entregas em Portugal Continental, em encomendas de valor igual ou superior a 15€ e para envios em CTT Expresso Dia ou Rede Pickup.
Devolução do valor dos portes em cartão Wookmais para encomendas de valor inferior a 15€.

Nos envios para as ilhas dos Açores e da Madeira, 30% de desconto no envio em CTT Expresso Dia para encomendas de valor superior a 15€ ou devolução daquele valor em cartão Wookmais para encomendas inferiores a 15€. Tipos de envio disponíveis para encomendas até 10 kg.

Promoção válida para encomendas de livros não escolares registadas até 31/12/2017. Descontos ou vantagens não acumuláveis com outras promoções.
X
wook deve saber


A devolução do valor dos portes de envio, em cartão Wookmais, será efetuada 18 dias após a faturação. Oferta válida para uma encomenda com entrega em Portugal.
X
wook deve saber


EM STOCK – ENVIO IMEDIATO
Se a sua encomenda for constituída apenas por produtos com esta disponibilidade e for paga até às 16 horas de um dia útil, será processada de imediato e enviada para o correio no próprio dia. Encomendas pagas após as 16 horas passarão para o processamento do dia útil seguinte. Esta disponibilidade apenas é garantida para uma unidade de cada produto e até 15 minutos após o registo da encomenda.

ENVIO ATÉ X DIAS
Esta disponibilidade indica que o produto não se encontra em stock e que demorará x dias úteis a chegar do fornecedor. Estes produtos, especialmente as edições mais antigas, estão sujeitos à confirmação de preço e disponibilidade de stock no fornecedor.

PRÉLANÇAMENTO
Os produtos com esta disponibilidade têm envio previsto a partir da data de lançamento.

DISPONIBILIDADE IMEDIATA
Tipo de disponibilidade associada aos eBooks, que são disponibilizados de imediato, após o pagamento da encomenda, na sua biblioteca.

Para calcular o tempo de entrega de uma encomenda deverá somar à disponibilidade mais elevada dos artigos que está a encomendar o tempo de entrega associado ao tipo de envio escolhido.

X
a sua lista de desejos encontra-se vazia
Adicione à sua lista de desejos todos os produtos que deseja comprar mais tarde, envie-a aos seus amigos antes do seu aniversário, Natal ou outras datas especiais - quem sabe se eles o surpreendem!
Seja informado sobre promoções destes produtos
X
Ocorreu um erro
Por favor tente novamente mais tarde.
X
atingiu o limite máximo de dispositivos autorizados
Por favor, aceda à area de cliente para gerir os dispositivos ativos.
X
Temos pena de o ver partir!
Pode voltar a subscrever as nossas newsletters a qualquer momento, na sua área de cliente em "Newsletters".
Junte-se à comunidade wook nas redes sociais:
X
wook deve saber


WOOK É O CHECKOUT EXPRESSO?
Esta modalidade de checkout permite-lhe comprar em dois cliques, seguindo diretamente para a confirmação de encomenda.

COMO FUNCIONA?
A encomenda é pré-preenchida com os dados que habitualmente utiliza - morada faturação, morada de entrega, forma de envio e tipo de pagamento. Para finalizar o processo, necessita apenas de confirmar os dados.

POSSO UTILIZAR OS MEUS VALES?
Vales e outros descontos que se encontrem no prazo de validade, serão igualmente considerados automaticamente na encomenda.

CONSIGO ALTERAR OS DADOS DA ENCOMENDA?
Sim. Antes de confirmar, tem ainda a possibilidade de alterar todos os dados e opções de compra.

EXCEÇÕES
O botão do Checkout Expresso só será visível se:
  • Selecionar previamente, na Área Cliente, as moradas habituais de envio e de faturação;
  • Associar uma conta wallet, quando a morada de envio selecionada é no estrangeiro;
  • Não incluir artigos escolares na encomenda.