Que Grande Banquete

de Jonathan Coe

editor: Edições Asa
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i
"Deixe-me avisá-la de uma coisa a respeito da minha família", disse o velho Mortimer Winshaw. "São o pior, o mais ganancioso, o mais cruel bando de filhos da mãe, gatunos, egoístas e traiçoeiros, que alguma vez rastejou à face da Terra."
No Verão de 1990, nas vésperas da guerra contra Saddam Hussein, um jovem escritor prepara a biografia oficial da família Winshaw. Ao reunir as peças da verdadeira história destes monstros grotescos e sedentos de poder, ele descobre que essa história começa a coincidir, estranhamente com a intriga de um filme com a bela Shirley Eaton, cuja imagem o perseguia desde então.
Mas descobre também que os Winshaw continuam hoje em dia connosco: os políticos, os negociantes de armas e os barões da informação que devoram (que grande banquete!...) as entranhas da Grã-Bretanha.
No que é simultaneamente o mais divertido e mortífero romance político dos últimos anos, Jonathan Coe juntou histórias públicas e privadas numa farsa trágica de proporções dickensianas. Cáustico, feroz e divertido, o seu olhar de escárnio sobre o ridículo dos nossos auto-eleitos senhores e sobre a ruína que espalham por toda a parte ficará como um marco da actual produção literária inglesa.

Que Grande Banquete

de Jonathan Coe

ISBN: 9789724115764
Editor: Edições Asa
Idioma: Português
Dimensões: 160 x 240 mm
Páginas: 462
Tipo de produto: Livro
Coleção: Romance
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Romance
EAN: 9789724115764
Jonathan Coe

Jonathan Coe nasceu em Birmingham, em 1961. É autor de variados romances e livros de não-ficção, de que se destaca A Vida Privada de Maxwell Sim (nomeado para o International IMPAC Dublin Literary Award 2012), e vencedor de prémios como o John Llewellyn Rhys Prize 1995, Melhor Livro Estrangeiro de 1996, em França, o Writers’ Guild Best Fiction Award 1997, o Médicis Étranger 1998 e I Prémio Europeu dos Jovens Leitores. Em 2004, foi nomeado Cavaleiro da Ordem das Artes e das Letras de França.
Com O Coração de Inglaterra (Prémio Literário Costa 2019), publicado pela Porto Editora, encerrou a trilogia «não oficial» de que também fazem parte O Rotters’ Club (2001) e O Círculo Fechado (2004), na qual apontou com humor as fragilidades da moderna sociedade britânica, em particular as que o Brexit veio pôr em evidência.
O Sr. Wilder & Eu, o seu mais recente romance, recupera a vida do conhecido realizador de cinema americano Billy Wilder.

(ver mais)
Edições Asa
12,90€ 10% CARTÃO
Dom Quixote
15,90€ 10% CARTÃO
portes grátis
Porto Editora
14,94€ 16,60€
portes grátis
Porto Editora
17,70€ 10% CARTÃO
portes grátis
Vega
14,84€ 10% CARTÃO