20% de desconto

Portugueses no Holocausto

de Esther Mucznik

editor: A Esfera dos Livros, maio de 2012
Histórias das vítimas dos campos de concentração, dos cônsules que salvaram vidas e dos resistentes que lutaram contra o nazismo
VENDA O SEU LIVRO i
Plano Nacional de Leitura
Livro recomendado para apoio a projetos relacionados com a História de Portugal e Universal no Ensino Secundário.

Baruch Leão Lopes de Laguna, um dos grandes pintores da escola holandesa do século XIX, judeu de origem portuguesa, morreu em 1943 no campo de concentração de Auschwitz. Não foi o único, com ele desapareceram 4 mil judeus de origem portuguesa na Holanda, que acabaram nas câmaras de gás. No memorial do campo de Bergen-Belsen consta o nome de 21 portugueses deportados de Salónica, entre estes Porper Colomar e Richard Lopes que não sobreviveram. Em França, José Brito Mendes arrisca a sua vida, escondendo a pequena Cecile, cujos pais judeus são deportados para os campos da morte.
Uma história de coragem e humanismo no meio da atrocidade. Em Viena, a infanta Maria Adelaide de Bragança também não ficou indiferente ao sofrimento, e não hesitou em ajudar a resistência nomeadamente no cuidado dos feridos, no transporte de armas e mantimentos, tendo sido presa pela Gestapo. Esther Mucznik traz-nos um livro absolutamente original, baseado numa investigação profunda e cuidada em que nos conta a história que faltava contar sobre a posição de Portugal durante a Segunda Guerra Mundial.

Portugueses no Holocausto

de Esther Mucznik

Propriedade Descrição
ISBN: 9789896263737
Editor: A Esfera dos Livros
Data de Lançamento: maio de 2012
Idioma: Português
Dimensões: 165 x 238 x 18 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 328
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > História > História de Portugal
EAN: 9789896263737
e e e e e

Coragem

Lígia Sá

Neste livro, lê-se a vontade de ajudar o próximo, infelizmente milhões de pessoas desapareceram devido a uma pessoa cheia de complexos e aos seus cúmplices... mas ao mesmo tempo haviam muitos outros a tentar ajudar mesmo pondo as suas vidas em risco... estas histórias verídicas, levam a pensar...

e e e e e

Fantástico

Daniela

Um livro muito completo que nos dá conta dos portugueses (e de tantos outros não portugueses) que se viram apanhados nas teias nazis, das histórias dos que não se salvaram, dos poucos que se salvaram e ainda de alguns heróis, portugueses ou não, que tudo fizeram para salvar pessoas em perigo. Por outro lado, dá uma clara e real imagem da posição do governo Salazarista em relação aos refugiados que procuravam em Portugal a paz tão desejada (e nem sempre alcançada). Altamente recomendado

e e e e E

Fabuloso!

J.Sá

Depois de ter lido alguns livro sobre o holocausto, decidi saber mais sobre como portugal reagiu a este fenómeno. Ao longo da leitura, fiquei surpreendida como todos os acontecimentos aqui em Portugal, sendo que por aqui não houve o holocausto, mas viveu-se da mesma maneira...

e e e e e

Impensável

Francisco Luís Pires

Depois de ter lido o livro "Um dia de cada vez" este livro foi muito informativo e complementar para refletir sobre os Portugueses que salvaram milhares de ALMAS HUMANAS das mãos dos algozes SS. Não devemos deixar que a história morra no esquecimento, continuemos a instruir os jovens pois esta verdadeira miséria humana é incrivelmente fora do RACIOCINIO HUMANO.

e e e e E

Portugueses no Holocausto

Teresa Coutinho

Este é sem dúvida um livro a reter, porque além de histórico conta na primeira pessoa os horrores passados pelos judeus ao longo dos tempos e durante a II Guerra Mundial em particular. É bom que existam factos contados, para que demos o devido valor aos acontecimentos.

Esther Mucznik

Esther Mucznik nasceu em Portugal, filha de pais judeus polacos. Viveu em Israel, onde estudou língua e cultura hebraicas, e em Paris, onde estudou sociologia na Sorbonne. Foi vice-presidente da Comunidade Israelita de Lisboa entre 2002 e 2016, e fundadora e presidente da Associação Memória e Ensino do Holocausto – Memoshoá. Preside à Associação Hagadá, responsável pela instalação do Tikvá Museu Judaico em Lisboa (em preparação) e é membro da Comissão de Liberdade Religiosa. Publicou, entre outros, os livros "Grácia Nasi: a judia portuguesa do século XVI que desafiou o seu próprio destino" (Esfera dos Livros, 2010); "Portugueses no Holocausto" (Esfera dos Livros, 2012); "Auschwitz: um dia de cada vez" (Esfera dos Livros 2015); "A Grande Epopeia dos Judeus no Século XX" (Esfera dos Livros, 2017) e "Judeus Portugueses: uma História de Luz e Sombra" (Presença, 2021).

(ver mais)
Judeus Portugueses

Judeus Portugueses

30%
Manuscrito Editora
14,32€ 20% + 10% CARTÃO
A Grande Epopeia dos Judeus no Século XX

A Grande Epopeia dos Judeus no Século XX

10%
A Esfera dos Livros
19,50€ 10% CARTÃO
portes grátis
O Comboio do Luxemburgo

O Comboio do Luxemburgo

20%
A Esfera dos Livros
17,52€ 21,90€
portes grátis