10% de desconto

Os filhos de Alexandria

de Françoise Chandernagor

editor: Sextante Editora (chancela), julho de 2012
«Naquele tempo, o mundo era jovem e Alexandria, a mais bela cidade do mundo…»
Alexandria: a joia de um império que António e Cleópatra vão arrastar na sua queda. Dos amores do Imperator e da rainha do Egito tinham nascido três crianças. Príncipes efémeros, que cresciam entre o ouro e a púrpura do bairro real juntamente com o seu meio-irmão mais velho, o menino faraó nascido da relação de César e Cleópatra. Quatro crianças com um destino trágico. Com dez anos no momento da tomada da cidade e do suicídio dos pais, a pequena Selena, única sobrevivente desta ilustre família, não esquecerá nunca a aniquilação do seu reino, da sua dinastia, dos seus deuses.
Com sensibilidade e força romanesca, Françoise Chandernagor inicia a narração da vida desconhecida da última dos Ptolomeus neste primeiro volume do tríptico A rainha esquecida.

Os filhos de Alexandria

de Françoise Chandernagor

Propriedade Descrição
ISBN: 978-972-0-07167-5
Editor: Sextante Editora (chancela)
Data de Lançamento: julho de 2012
Idioma: Português
Dimensões: 152 x 235 x 20 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 336
Tipo de produto: Livro
Coleção: Sextante Top
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Romance
EAN: 978972007167510
Idade Mínima Recomendada: Não aplicável
e e e e E

Realista

Diana Bastos Almeida

Gostei muito de ler este livro, sendo o mais marcante a linguagem e modos simples que as personagens demonstram que tornam a acção passada à milhares de anos atrás bastante realista. A própria autora admite que um dos maiores desafios foi a linguagem. A história é cativante, seguindo muito mais Cleópatra que Selene nesta primeira fase da vida dela, mas pelo que percebi haverá mais volumes a acrescentar a este. Falta apenas dizer que a pesquisa histórica foi excelente, deixando pouco a desejar em termos de rigor.

Françoise Chandernagor

Françoise Chandernagor nasceu numa família de maçons da Creuse cruzados com descendentes de um escravo indiano.
Após um começo de carreira nas altas magistraturas do Estado, dedicou integralmente a sua vida à escrita, a partir de 1993.
O seu primeiro romance, A alameda do rei (1981), atingiu 600 000 exemplares de vendas em França e foi traduzido em todo o mundo.
É, desde 1995, membro da Academia Goncourt, presidindo atualmente ao júri do Prémio Goncourt.

(ver mais)
Mystic River

Mystic River

10%
Sextante Editora (chancela)
17,70€ 10% CARTÃO
A praia dos afogados

A praia dos afogados

10%
Sextante Editora (chancela)
17,70€ 10% CARTÃO
portes grátis
La Niña Perdida

La Niña Perdida

10%
DEBOLSILLO
11,16€ 10% CARTÃO
Lucrécia Cunta-nos Como Era

Lucrécia Cunta-nos Como Era

10%
Zéfiro
9,90€ 10% CARTÃO