O Rei dos Piratas

de Daniel Defoe

editor: Coisas de Ler, abril de 2004
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i
Em resposta às caluniosas afirmações dos seus biógrafos que o acusaram de rapto, assassínio e violação, além de mera pirataria, o Capitão Every decide escrever a sua verdadeira história, refutando os rumores e contando como se tornou Rei de Madagáscar. Após o êxito obtido com "Robinson Crusoe". Daniel Defoe deixa-nos uma emocionante aventura no mar, inspirada em relatos de verdadeiros piratas.

O Rei dos Piratas

de Daniel Defoe

Propriedade Descrição
ISBN: 9789728710439
Editor: Coisas de Ler
Data de Lançamento: abril de 2004
Idioma: Português
Dimensões: 138 x 123 x 7 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 120
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Romance
EAN: 9789728710439
Idade Mínima Recomendada: Não aplicável
Daniel Defoe

Daniel Foe — o apelido só seria alterado pelo autor em 1695 para Defoe — (1660-1731), é considerado por muitos o primeiro romancista de língua inglesa. Foi comerciante, economista, jornalista e espião antes de escrever o seu primeiro romance, As Aventuras de Robinson Crusoe, aos sessenta anos.
Tendo testemunhado na infância a Peste e o Grande Incêndio de Londres, acabou por se transformar num apaixonado por viagens depois de conhecer profundamente países como a França, Espanha e os Países Baixos. Com uma vida extremamente aventurosa, esteve encarcerado por dívidas e lutou durante um breve período de tempo na rebelião do duque de Monmouth. Poucos anos depois começou a escrever panfletos político-satíricos que, de novo, o iriam conduzir à prisão. Por intervenção de um ministro Tory, acabaria por ser libertado e durante onze anos viria a ser agente secreto e jornalista político dos Tories. Deliciou-se durante toda a vida na representação de diversos papéis e disfarces, utilizando-os com grande efeito como espião, e escreveu mais de quinhentos livros, panfletos e artigos jornalísticos abrangendo tópicos como a política, crime, religião, geografia, matrimónio, psicologia e sobrenatural. Morreu na cidade de Londres em 1731, segundo se diz de «uma letargia».

(ver mais)
Robinson Crusoé

Robinson Crusoé

20%
Porto Editora
7,99€ 9,99€
Robinson Crusoe

Robinson Crusoe

10%
Porto Editora
8,85€ 10% CARTÃO
Peter Black e a Adaga da Luz

Peter Black e a Adaga da Luz

10%
Chiado Books
14,00€ 10% CARTÃO
Correntes

Correntes

10%
Coisas de Ler
1,00€ 10% CARTÃO