Nave de Âmbar

de Porfírio Al Brandão

editor: Chiado Books
amanhã uma árvore ¿ o exagero de carbono
enquanto não houver pronome consolidado
que faça brilhar a estrela guardada na infância

a carne pesa ao ar no diálogo a contraluz, não
significa culpa mas o enjoo do enxofre aquece
segmentos às frases subjugadas por leis cegas

amanhã uma árvore espero, com o verdadeiro
compromisso vegetal na leveza e simplicidade
uma árvore carregada de pássaros nos ramos

a carne dependurada no verde tolera-se bem
desde que esvoace de amiúde dentro e fora do
poema ¿ árvore mágica crescente do sonho

Nave de Âmbar

de Porfírio Al Brandão

ISBN: 9789895179046
Editor: Chiado Books
Idioma: Português
Dimensões: 138 x 219 x 6 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 78
Tipo de produto: Livro
Coleção: Prazeres Poéticos
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Poesia
EAN: 9789895179046
Porfírio Al Brandão

Porfírio Al Brandão, pseudónimo de Evaristo de Almeida Martins, reside em Viseu e é autor dos seguintes livros de poesia: Ancoradouro (2002), O Príncipe Nu (2002), Boca do Mundo (2004), O Bailado das Facas (2004), Moral Canibal (2005), Infracarnália (2007), Januellarium (2009), Nave de Âmbar (2016) e Carta do Nómada Ferido a Tempo (2018).
Participou em 2008 e 2010 na Bienal de Poesia de Silves e, em 2017, no II Simpósio Internacional de Arte Contemporânea Cidade da Guarda (SIAC).
Colaborou nas revistas literárias Oficina de Poesia e Ave Azul.

(ver mais)
Chiado Books
10,00€ 10% CARTÃO
Chiado Books
11,00€ 10% CARTÃO
Palimage
7,42€ 10% CARTÃO
Palimage
10,50€ 10% CARTÃO