Não Pises as Formigas

de Edgardo Xavier

editor: MoDocromia
«Também se voa pensando. Quem assim aceda à liberdade abate o interdito. Esta escrita é a expressão mais íntima que toquei pela meditação. Neste conjunto de poemas, há muitos temas gerais e um eminentemente particular: o amor, essa forma de querer e respeitar.
Sou apenas um entre muitos mas tenho o meu espaço.
As fronteiras defino-as eu e mudam para que os que amo as não sintam, para que os demais as não invadam.
Não Pises As Formigas é um título que tem tudo a ver com a minha maneira de estar no mundo. Exerço o meu poder abdicando da perturbação gratuita de quem quer que seja. Posso destruir mas uso essa força para preservar. Tal como o faria alguém que nem necessita de nome para ter paz.»

De Nota do Autor, Edgardo Xavier.

Não Pises as Formigas

de Edgardo Xavier

ISBN: 9789895461660
Editor: MoDocromia
Idioma: Português
Dimensões: 141 x 219 x 9 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 146
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Poesia
EAN: 9789895461660
e e e e e

Adorei

Ana Maximiano

Mto giro

Edgardo Xavier

Natural de Huambo, Angola, nasceu em 1946.
Destacou-se como crítico de artes plásticas (A.I.C.A. Portugal), artista plástico e comissário da Bienal Internacional de Óbidos. Integrou a direção das primeiras edições da Bienal Internacional de Cerveira (I, II e IV) e fez parte o Júri na I Bienal.
A escrita, que vem desde a sua adolescência, estribou a sua vida profissional e só há cerca de uma década derivou para a poesia. "Palavra de Cardo", ModoCromia, Lisboa, 2018, é o seu oitavo livro de poesia. Antecederam-no "Amor Despenteado", Casa das Cenas, Sintra, 2007; "O Canto da Pedra", Papiro Editora, 2009; "Corpo de Abrigo", Temas Originais, Coimbra, 2011; "Azul Como o Silêncio", Chiado Editora, 2014 ; "Lisboa", Temas Originais, Coimbra, 2015; "Escrita Rouca", Insubmisso Rumor, Porto, 2016; "Íntima Idade", Temas Originais, Coimbra, 2017. Escritores online. Figura em várias antologias de poesia das quais destaca: Antologia de Poesia Traço-Comum, Casa das Cenas, Sintra, 2007; "Marginália", Edita-me, Porto, 2015; "Arte Poesia", Edições OZ, Lisboa, 2015; "Antologia Poetilor Portughezi", Editura PIM, Lasi, Roménia, 2017; Dictionarul Intercultural al Revistei "Orizont Literar Contemporan", Biblioteca Universalis, Editura Pim, Romania; "Cadernos de Poesia – N.º 4", Círculo Artístico e Cultural Artur Bual, 2017 e "Opus/Seleta de Poesia", Temas Originais, Coimbra, 2018.

(ver mais)
MoDocromia
12,60€ 14,00€
MoDocromia
14,00€ 10% CARTÃO
Edições 100 Titulo
10,00€ 10% CARTÃO
Âncora Editora
7,50€ 10% CARTÃO