10% de desconto

Na Vertigem da Traição

de Carlos Ademar

editor: Parsifal PT, julho de 2017
Com uma história que prende o leitor desde a primeira página, Na Vertigem da Traição é ainda o retrato das contradições do ser humano, com as suas fraquezas e virtudes, amores e desamores, frustrações e anseios, e a confirmação de Carlos Ademar como um mestre do romance histórico.

Na Vertigem da Traição

de Carlos Ademar

Propriedade Descrição
ISBN: 9789898760418
Editor: Parsifal PT
Data de Lançamento: julho de 2017
Idioma: Português
Dimensões: 150 x 230 x 27 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 432
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Romance
EAN: 9789898760418
e e e e E

Na vertigemda traição

https://leiturasemclube.blogspot.com/

A história, como consta na capa, é sobre Miguel Domingos, que foi encontrado morto num pinhal nos arredores de Lisboa, em 1951. Miguel Domingos era membro do Partido Comunista Português, vivia na clandestinidade e depois de ter estado na origem da revolta da Marinha Grande, viveu em Espanha e França, onde combateu contra Franco e Hitler. Em 1949 foi afastado do Comité Central e caiu em desgraça. Quando o cadáver é descoberto, mesmo os seus irmãos têm dificuldade em identificá-lo, o que adensa o mistério. E a história de Miguel Domingos e os anos que antecederam a sua morte são o pretexto para uma viagem pela história da Europa e sobretudo de Portugal na primeira metade do século XX. Para um continente em guerra e com fronteiras vigiadas e um país pobre e onde imperava a censura e a polícia política. E é justamente aqui que, em meu entender, o autor se estende e alonga em demasia, o que é, contudo, justificado pela necessidade de contextualizar o momento político que se vivia.

e e e e E

Uma viagem ao nosso passado

Ana Vargas

Já li outros livros deste autor, Carlos Ademar, e, particularmente no anterior, O Chalet das cotovias, gostei das possibilidades em aberto relativamente a um crime cujo responsável nunca foi descoberto. Também neste livro, como naqueloutro, não me pareceu que o autor receasse explorar o que não era factual, ou falhasse aqui, como em livros de outros autores, em que percebemos o que é verdade e o que foi imaginado para colmatar os espaços em branco ou para reforçar a história que se quer contar.

e e e e e

Muito bom!

Maria Barreiro

Um bom livro, bem escrito, sem pieguices e com uma pesquisa que se percebe que foi bem feita. Escrever sobre um período histórico recente nunca é fácil, até porque muitos dos leitores viveram esse período, e as tendências estão vivas. Fazê-lo desapaixonadamente, sem parti pris, é ainda mais difícil. O autor conseguiu.

Carlos Ademar

Mestre em História Contemporânea pela Universidade Nova de Lisboa e professor da Escola de Polícia Judiciária. Colaborou na formação de órgãos de investigação da Guiné-Bissau, Moçambique, Cabo Verde, Angola e Timor.
É autor, entre outros, de Na Vertigem da Traição, O Chalet das Cotovias, Estranha Forma de Vida (editado em Itália), Memórias de um Assassino Romântico ou O Caso da Rua Direita. Com Ana Aranha, editou No Limite da Dor e Memórias do Exílio.

(ver mais)
Da Cena de Crime ao Tribunal

Da Cena de Crime ao Tribunal

20%
Pactor
24,98€ 10% + 10% CARTÃO
portes grátis
O Homem da Carbonária

O Homem da Carbonária

30%
Parsifal PT
13,60€ 20% + 10% CARTÃO
A Inscrição dos Dias

A Inscrição dos Dias

10%
Parsifal PT
11,00€ 10% CARTÃO
A Casa dos Lóios

A Casa dos Lóios

10%
Editorial Novembro
15,00€ 10% CARTÃO