Muchacho 2

de Emmanuel Lepage

editor: Edições Asa, novembro de 2007
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i
Esta série de dois tomos relata a história dramática da vida numa pequena aldeia da Nicarágua no tempo da ditadura de Somoza. É uma história de violências: violência imoral da repressão que fere o corpo e a alma, violência exemplar do entusiasmo revolucionário pela improvável, impossível liberdade; violência de jovens imaturos que despem a sua pele de criança; violência dos sentimentos, dos desejos, da paixão. No primeiro tomo, encontramos Gabriel, um jovem citadino que, confrontado com a dura realidade da repressão é obrigado a crescer repentinamente. Revoltado pelas atrocidades a que assistiu, foge e embrenha-se na selva... Neste segundo tomo, Gabriel é resgatado por um grupo de sandinistas quando já se encontrava no limite das suas forças e é com eles que atravessa a selva. Pelo caminho percebe as convicções, motivações e dificuldades que os sandinistas enfrentam na sua dura luta pela liberdade, acabando por ser ele próprio protagonista dessa mesma luta.

Muchacho 2

de Emmanuel Lepage

Propriedade Descrição
ISBN: 9789724152097
Editor: Edições Asa
Data de Lançamento: novembro de 2007
Idioma: Português
Dimensões: 237 x 311 x 8 mm
Encadernação: Capa dura
Páginas: 96
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Banda Desenhada > Aventura
EAN: 9789724152097
Emmanuel Lepage

Foi aluno de Jean-Claude Fournier e, aos 13 anos, seguiu os conselhos do pai de Bizu e empenhou-se a desenvolver o talento para o realismo. Em 1983, fez ilustrações para o diário Ouest-France e publicou o primeiro álbum La Fin du Monde aura-t-elle lieu?. Criou o fanzine Volapuk e viu dois álbuns editados pelas edições Ouest-France antes de começar a trabalhar para grandes editoras internacionais. Em 1990, desenhou L’Envoyé para a Lombard e, mais tarde, para a Glénat, a série Névé, galardoada em 1992 com o prémio Ballon Rouge no festival de Saint-Malo. Com a argumentista Anne Sibran começa a trabalhar para a Dupuis e obtém o reconhecimento pelo seu grafismo elegante e pelo excepcional dom de colorista criador de atmosferas: La Terre Sans Mal retrata de forma notável a vida dos índios da Amazónia pelo olhar de um etnólogo francês na época da Segunda Guerra Mundial. Muchacho leva-nos à descoberta de uma Nicarágua amordaçada pela ditadura e confirma a mestria do traço de Lepage.

(ver mais)
Lá, em África

Lá, em África

10%
Edições Asa
5,50€ 10% CARTÃO
Ric Hochet: O Puzzle Mortal

Ric Hochet: O Puzzle Mortal

10%
Edições Asa
5,40€ 10% CARTÃO