10% de desconto

Januellarium

de Porfírio Al Brandão

editor: Palimage, dezembro de 2009
NA CAMA

noite viúva - chamo-te

num último deitar de amparo
com um perigoso mastro de outubro
à boca do covil

um tigre parado no cobertor
ou um nariz tenro sobre o vermelho futuro

lanço-te o preguiçoso roncar das cordas
- elas roçam-se febris como cobras
ao primeiro som repercutido

passeio pelos dentes brancos
macios e dolorosos de tão afiados

as janelas do crânio cansadas de colorir
os tendões estendidos ao infinito
múltiplos esfíncteres viscerais corroídos
e os pulmões a embebedarem-se
com o último líquido amniótico

chamo-te sangrando tecido pela boca
assino o teu nome com um suspiro

- um minuto para a meia-noite

Januellarium

de Porfírio Al Brandão

Propriedade Descrição
ISBN: 9789728999759
Editor: Palimage
Data de Lançamento: dezembro de 2009
Idioma: Português
Dimensões: 148 x 210 x 3 mm
Páginas: 80
Tipo de produto: Livro
Coleção: Palavra Poema
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Poesia
EAN: 9789728999759
Porfírio Al Brandão

Porfírio Al Brandão, pseudónimo de Evaristo de Almeida Martins, reside em Viseu e é autor dos seguintes livros de poesia: Ancoradouro (2002), O Príncipe Nu (2002), Boca do Mundo (2004), O Bailado das Facas (2004), Moral Canibal (2005), Infracarnália (2007), Januellarium (2009), Nave de Âmbar (2016) e Carta do Nómada Ferido a Tempo (2018). Participou em 2008 e 2010 na Bienal de Poesia de Silves e, em 2017, no II Simpósio Internacional de Arte Contemporânea Cidade da Guarda (SIAC). Colaborou nas revistas literárias Oficina de Poesia e Ave Azul.

(ver mais)
Dragoeiro

Dragoeiro

10%
Edições Esgotadas
10,80€ 12,00€
Magma

Magma

10%
Edições Esgotadas
10,80€ 12,00€