Histórias Assim Mesmo

de Rudyard Kipling

editor: Editorial Caminho, abril de 1999
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i
As Histórias Assim Mesmo, publicadas em livro em 1902 e ilustradas pelo próprio autor, são histórias inventadas e contadas por Kipling aos seus filhos e a crianças amigas ao longo de vários anos. Os contos explicam de forma criativa certos fenómenos intrigantes: como o elefante arranjou a tromba e o camelo a sua bossa, como apareceu a primeira letra... Tendo como destinatário privilegiado o público infantil, não deixam por isso de constituir um desafio considerável lançado aos leitores adultos. Rudyard Kipling (1865-1936) recebeu em 1907 o Prémio Nobel da Literatura. Dele diria T. S. Eliot que era o homem das letras de maior envergadura da sua geração. As Histórias Assim Mesmo, traduzidas agora pela primeira vez em versão integral a partir do original inglês, vêm revelar-nos mais uma faceta deste escritor original e versátil, que merece ser lido com mais atenção em Portugal. A escritora e tradutora Ana Saldanha completou recentemente estudos de doutoramento sobre Rudyard Kipling e a sua obra infantil na Universidade de Glasgow. A tradução que agora se apresenta foi elaborada no âmbito desses estudos.

Histórias Assim Mesmo

de Rudyard Kipling

Propriedade Descrição
ISBN: 9789722113007
Editor: Editorial Caminho
Data de Lançamento: abril de 1999
Idioma: Português
Dimensões: 150 x 230 x 20 mm
Encadernação: Capa dura
Páginas: 210
Tipo de produto: Livro
Coleção: De Par em Par - Série Especial
Classificação temática: Livros em Português > Infantis e Juvenis > Literatura Juvenil
EAN: 9789722113007
Idade Mínima Recomendada: Maiores de 7
Rudyard Kipling

Rudyard Kipling nasceu em Bombaim, então Índia britânica, a 30 de dezembro de 1865. Iniciou a sua carreira literária em 1886 com a publicação do volume de poemas Departmental Ditties, afirmando-se rapidamente se como um dos escritores mais populares do Reino Unido, quer na poesia quer na prosa. Em 1894 lançou O Livro da Selva, que viria a consolidar-se como clássico juvenil por todo o mundo. O Segundo Livro da Selva foi publicado no ano seguinte e Kim, considerada a sua obra mais conseguida, saiu em 1901. Em 1907 tornou-se o primeiro autor de língua inglesa a receber o Prémio Nobel da Literatura e é, até hoje, o mais jovem escritor a quem foi atribuída a distinção (tinha 41 anos). Rudyard Kipling morreu em Londres, a 18 de janeiro de 1936.

(ver mais)