10% de desconto

E Agora? Por uma Nova República

de Manuel Maria Carrilho

editor: Sextante Editora (chancela), setembro de 2010
Os problemas que antes se adivinhavam, e que infelizmente foram escamoteados, são hoje incontorná-veis. Analisando-os, Manuel Maria Carrilho avança com várias propostas, defendendo uma visão do País e do seu futuro centrada na urgente qualificação do território, das instituições e das pessoas, que lance as bases de uma Nova República.
No meio de uma crise que torna a intervenção pública um imperativo de cidadania, este livro procura, num registo simultaneamente político e pedagógico, estimular um debate fundamental sobre os proble-mas do nosso tempo e do nosso País.

E Agora? Por uma Nova República

de Manuel Maria Carrilho

Propriedade Descrição
ISBN: 978-989-676-033-5
Editor: Sextante Editora (chancela)
Data de Lançamento: setembro de 2010
Idioma: Português
Dimensões: 152 x 235 x 14 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 208
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Ensaios
EAN: 978989676033510
Idade Mínima Recomendada: Não aplicável
e E E E E

Superficial

Fabio Pereira

Procurava um livro sobre política nacional para fugir à supercialidade dos jornais no tema, e tentar perceber de forma mais profunda a situação actual do país. Foi uma terrível compra esta, já que o livro é uma coleção de artigos do Diário de Notícias, e por isso superficial e desconexo. Cada mini-tema (artigo) estende-se por, em média, 1 página e meia!

Manuel Maria Carrilho

Manuel Maria Carrilho nasceu em Coimbra, fez os estudos secundários em Viseu e os estudos superiores em Lisboa. É professor catedrático da Universidade Nova de Lisboa desde 1993, onde é titular da área de Filosofia Contemporânea. Tem colaboração dispersa por várias publicações nacionais e internacionais.
É autor de uma vasta bibliografia com destaque para: Razão e Transmissão da Filosofia (1987), Dicionário do Pensamento Contemporâneo (1991), Rhétoriques de la Modernité (1992), Aventuras da Interpretação (1995), O Estado da Nação (2001). Foi Ministro da Cultura entre 1995 e 2000, tendo ainda exercido funções de deputado eleito à Assembleia da República.

(ver mais)
Filosofia

Filosofia

10%
Quimera
13,00€ 10% CARTÃO
Através da Música

Através da Música

10%
Chiado Books
10,00€ 10% CARTÃO
O Faroleiro do Tempo

O Faroleiro do Tempo

10%
Chiado Books
10,00€ 10% CARTÃO