10% de desconto

Diário II

(Volumes IX a XVI)

de Miguel Torga

editor: Dom Quixote, abril de 1999

Diário II

(Volumes IX a XVI)

de Miguel Torga

Propriedade Descrição
ISBN: 9789722016476
Editor: Dom Quixote
Data de Lançamento: abril de 1999
Idioma: Português
Dimensões: 150 x 208 x 60 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 1788
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Memórias e Testemunhos
EAN: 9789722016476
Idade Mínima Recomendada: Não aplicável
e e e e e

A vida humana na sua essência

JT

Os DIÁRIOS de Miguel Torga não são uma parte menor da sua obra; aliás, o autor valorizava e acarinhava muito estes livros. Essenciais para conhecer o homem, o poeta e o pensador.

e e e e E

Quotidiano de um Homem Comum

F. C.

Um Excelente Diário. Ás vezes Poemas, outras Comentários sobre a Vida, outras ainda sobre estados de Espírito. O Normal num diário, este de um Excelente pensador.

e e e e E

Um Excelente Diário...

F.C.

Uma Excelente Leitura ligeira de pensamentos mais ou menos profundos do quotidiano do Autor.

e e e e e

Uns Diários Maravilhosos

J. Ferreira

A escrita íntima e universal que leva um povo consigo. Aconselho-os como lição de literatura, de história e de humanismo.

Miguel Torga

Pseudónimo de Adolfo Correia da Rocha, autor de uma vasta produção literária, largamente reconhecida e traduzida em várias línguas. Nasceu em S. Martinho de Anta em 1907. Depois de uma experiência de emigração no Brasil durante a adolescência, cursou Medicina em Coimbra, onde passou a viver e onde veio a falecer em 1995. Foi poeta presencista numa primeira fase; a sua obra abordou temas sociais como a justiça e a liberdade, o amor, a angústia da morte, e deixou transparecer uma aliança íntima e permanente entre o homem e a terra. Estreou-se com Ansiedade, destacando-se no domínio da poesia com Orfeu Rebelde, Cântico do Homem, bem como através de muitos poemas dispersos pelos dezasseis volumes do seu Diário; na obra de ficção distinguimos A Criação do Mundo, Bichos, Novos Contos da Montanha, entre outros. O Diário ocupa um lugar de grande relevo na sua obra. Também como escritor dramático, publicou três obras intituladas Terra Firme, Mar e O Paraíso. Recebeu, entre outros, o Prémio Montaigne em 1981, o Prémio Camões em 1989 e o Prémio Vida Literária (atribuído pela Associação Portuguesa de Escritores) em 1992.

(ver mais)
Bichos

Bichos

10%
Dom Quixote
13,90€ 10% CARTÃO