Classificados 2

de Laerte

idioma: português do brasil, português
editor: Devir, abril de 2003
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i
Nesta edição composta de 64 páginas coloridas, o quadrinista dá continuidade à coletânea dos cartoons publicados nos cadernos de classificados da Folha de São Paulo, sempre com seu estilo irónico de mostrar as situações mais comuns do quotidiano.

Classificados 2

de Laerte

Propriedade Descrição
ISBN: 9788575320389
Editor: Devir
Data de Lançamento: abril de 2003
Idioma: Português do Brasil, Português
Dimensões: 210 x 230 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 64
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Banda Desenhada > Humor
EAN: 9788575320389
Idade Mínima Recomendada: Não aplicável
Laerte

Nasci em 10 de Junho de 1951 e me chamo Laerte Coutinho. Minha familia tem um pé em Portugal, meu bisavô Miguel veio de Ponte de Lima.
Entrei na Universidade de S Paulo em 1969, para cursar a Escola de Comunicações Culturais, mais tarde Comunicações e Artes. Fiz música, jornalismo mas não terminei nenhum dos cursos.
Comecei a publicar no jornal de Centro Acadêmico e em 72 fundei, com outros, a revista Balão, de quadrinhos.
Em 75 fundei, também com amigos a Editora Oboré, para atender as necessidades na área de comunicação dos sindicatos de trabalhadores, e trabalhamos com centenas de entidades em todo o Brasil.
Colaborei com revistas e jornais, como Veja, Isto é, Folha de São Paulo, O Estado de S Paulo, O Pasquim e muitos outros.
Em 85 e 86 comecei a fazer histórias em quadrinhos nas revistas Chiclete com Banana e Circo da Circo Editorial, onde apareceram pela primeira vez os Piratas do Tietê. Pela mesma editora editei duas revistas, a Striptiras e Piratas do Tietê. Lancei alguns livros com coletâneas de charges e quadrinhos, como O Tamanho da Coisa, Gato e Gata, Fagundes - um puxa saco de mão cheia, Piratas e Outras Barbaridades.
Participei de exposições em Cuba (Bienal de San Antonio de Los Baños e Bienal de Havana), Itália (Convegno Internazionale de Prato), Colômbia (Taller de Humor/Feira del Libro) e França (Angouleme). Fui premiado no Salão de Piracicaba onde recebi o Prêmio Angelo Agostini e também ganhei o troféu HQ Mix em todas as suas edições.
Atualmente, além de desenhar para a Folha de São Paulo, faço textos para a TV (TV Pirata, TV Colosso, Sai de Baixo, Vida ao Vivo - todos da rede Globo), para teatro (Show Colosso), e para cinema (SuperColosso). Escrevi a peça "Piratas"

(ver mais)
Desenhos Desordenados

Desenhos Desordenados

10%
Documenta
15,00€ 10% CARTÃO
portes grátis
Bem Dita Crise!

Bem Dita Crise!

10%
Documenta
18,00€ 10% CARTÃO
portes grátis