10% de desconto

Cartas da Suécia

de Alexandre Pastor

editor: Chiado Books, fevereiro de 2016
Sim, é verdade. Foi nela que em 1442 se iniciou a cirurgia plástica; que, em 1640, se afirmou que a trajetória dos cometas não é circular, mas elítica e parabólica; que, em 1469, foi criada a primeira cátedra europeia de música; foi nela que se ergueu a primeira voz contra a Inquisição espanhola, contra a pena de morte, contra a tortura, e que, sem violar a privacidade do cidadão, se procedeu ao primeiro recenseamento do mundo; foi nessa ilha, sim, que pela primeira vez Confúcio foi traduzido para latim (1687), e que, antes de Galileu, se demonstrou o princípio da inércia; foi também ali que teve origem a chamada "medicina legal" e a teratologia, e que um nativo seu, Arquimedes (287 - 212 a.C.) construiu a roldana, a roda dentada, o parafuso sem fim, achou as fórmulas para a superfície e o volume do cilindro e da esfera, o valor matemático do pi, além da base para as regras do cálculo infinitesimal; foi ainda neste lugar que os Romanos, já em 263 a.C., foram encontrar o primeiro relógio solar, que o primeiro tratado de gastronomia veio a lume, que se escreveu a primeira comédia em três atos (em vez dos cinco tradicionais), e foi também nesta ilha que o médico Eròdio da Lentini foi o primeiro a salientar a importância terapêutica da ginástica.

In "A ilha dos prodígios"

Cartas da Suécia

de Alexandre Pastor

Propriedade Descrição
ISBN: 9789895166336
Editor: Chiado Books
Data de Lançamento: fevereiro de 2016
Idioma: Português
Dimensões: 141 x 220 x 37 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 484
Tipo de produto: Livro
Coleção: Compendium
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Ensaios
EAN: 9789895166336
Alexandre Pastor

Natural de Luanda, filho de pais luso-espanhóis, sefarditas, Alexandre Pastor fez os seus estudos de Humanidades em Portugal e no estrangeiro. Em 1961, a convite do hispanista e lusitanista sueco Prof. Bertil Maler, é convidado para iniciar os estudos de Língua e Cultura Portuguesa, na Universidade de Estocolmo, onde lecionou durante 32 anos. Traduziu muitos autores suecos para o Português (e também variante brasileira) e é autor de quatro dicionários português-sueco e vice-versa. Conta como seus mentores: Miguel Torga, Oscar Lopes. Pessoa, Cervantes, Unamuno, Montaigne, Spinosa, Thomas Mann (e toda a família Mann), Nietszche, Stefan Zweig, Dostoiewski, Strindberg.

(ver mais)
Border Crossings II

Border Crossings II

10%
Letras Lavadas
16,15€ 10% CARTÃO
portes grátis
Border Crossings Leituras Transatlânticas 3

Border Crossings Leituras Transatlânticas 3

10%
Letras Lavadas
16,30€ 10% CARTÃO
portes grátis