As Regras do Tagame

de Kenzaburo Oe

editor: Clube do Autor, setembro de 2012
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i
As Regras do Tagame é uma notável história de amizade, perda e ambição artística que confirma Kenzaburo Oe como um dos maiores talentos do nosso tempo. Nele, o autor combina magistralmente ficção e realidade, refletindo sobre a condição humana e os temas que dão forma ao leitmotiv da sua obra: a incompreensão, a violência e a identidade.
Quando Goro, um prestigiado realizador, se suicida, o escritor Kogito, seu cunhado e amigo, fica destroçado. Goro tinha enviado a Kogito várias cassetes nas quais gravara reflexões sobre a amizade que os unia. Uma noite, Kogito escuta no Tagame uma gravação perturbadora. «Agora vou passar para o Outro Lado», anuncia Goro, e ouve-se um estrondo. Passado um momento de silêncio, a voz de Goro continua: «Mas não te preocupes, não vou deixar de comunicar contigo.» Instantes depois, a mulher de Kogito informa-o de que Goro se suicidara.

«Uma biblioteca que não tenha os livros de Kenzaburo Oe será sempre uma biblioteca com um profundo vazio.»
El País

«O expoente máximo da literatura japonesa contemporânea.»
Yukio Mishima

«O escritor mais importante do seu país.»
Enrique Vila-Matas

«Um legítimo herdeiro de Dostoiévski.»
Henry Miller

«Um labirinto deslumbrante e cheio de recordações e meditações… A mistura hábil de reflexões intelectuais e cenários de farsas absurdas resulta num texto delicado e provido de um brilho intenso…»
Publishers Weekly

As Regras do Tagame

de Kenzaburo Oe

Propriedade Descrição
ISBN: 9789897240331
Editor: Clube do Autor
Data de Lançamento: setembro de 2012
Idioma: Português
Dimensões: 160 x 234 x 21 mm
Páginas: 352
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Romance
EAN: 9789897240331
e e e e e

Uma reflexão importante para os momentos que vivemos

Luis M Cunha

Neste momentos conturbados que vivemos somos levados a esquecer a importância de pequenas, mas grandes, coisas da vida que nos leva a perder a humanidade. Um obra para a relembrar.

e e e e E

Um livro cheio de simbolismo

Maryjo

Uma história de amizade, perda e ambição artística.

e e e e e

Um livro, uma fonte de cultura

Maria Rosa Sintra Correia Ramos

Ainda estou no começo mas estou a adorar, o escritor é fantástico. Recomendo

Kenzaburo Oe

PRÉMIO NOBEL DA LITERATURA 1994

Kenzaburo Oe nasceu em Ose, no Japão, a 31 de janeiro de 1935 e faleceu a 3 de março de 2023. Em 1954 licenciou-se em Literatura Francesa pela Universidade de Tóquio e, em 1957, começou a publicar os seus primeiros textos, em revistas literárias, sendo no ano seguinte distinguido com o Prémio Akutagawa para melhor conto. Nesse mesmo ano iniciou-se como romancista. Em 1964 publicou aquela que é considerada a sua obra mais importante, Não Matem o Bebé. Temáticas como o não conformismo, o choque cultural e o isolamento individual e social no Japão moderno são frequentes nos seus romances, ensaios e contos. Oe foi igualmente um forte opositor à energia nuclear. Em 1994, recebeu o Prémio Nobel da Literatura. Era considerado a mais importante voz da literatura japonesa contemporânea.

(ver mais)
The Silent Cry

The Silent Cry

10%
Profile Books Ltd
14,15€ 10% CARTÃO
Una Cuestion Personal

Una Cuestion Personal

10%
Editorial Anagrama
11,11€ 10% CARTÃO
A Passo de Caranguejo

A Passo de Caranguejo

10%
Casa das Letras
15,90€ 10% CARTÃO
portes grátis
Ehrengard

Ehrengard

10%
Clube do Autor
14,50€ 10% CARTÃO