10% de desconto

A Paixão segundo João de Deus

de António Cabrita

editor: Editora Exclamação, maio de 2018
A Paixão Segundo João de Deus de António Cabrita apresenta-se como uma novela de ardor paródico em guisa de homenagem ao cineasta João César Monteiro.

Revela-nos também uma memória heteronímica, com o autor a aglutinar João de Deus como desdobramento de si próprio. Este João de Deus "é a última personagem portuguesa desempoeirada e liberta das suas circunstâncias".

Poder ou contingência, as viagens e catilinárias de uma figura que tanto nos deixa em Axoum, como em Vilnius, esse grado pelo encontro venturoso, que parece por vezes improvável, e que expõe aqui o carácter de um homem excessivo, que se apraz igualmente num corpo pintado por Millais ou nesse lugar de Sabá, onde a rainha "baixou a garimpa ao Salomão e fez o Malraux tirar o brevet".

Fica o gesto que permeia no gosto pela criação, e que nos revela, nesse movimento que existe entre o módico e o portento no barroco, uma impressão que nos deixa cativos.

A Paixão segundo João de Deus

de António Cabrita

Propriedade Descrição
ISBN: 9789899995871
Editor: Editora Exclamação
Data de Lançamento: maio de 2018
Idioma: Português
Dimensões: 147 x 214 x 11 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 156
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Romance
EAN: 9789899995871
e e e e E

dava um filme

José Abel Aguiar

… do grande Cineasta João César Monteiro (ou será João de Deus ??!!!). Na senda dos guiões do Cineasta não fica atrás das obras cinéfilas. Divertido e fácil de ler. Não será de riqueza escrita exemplar, mas não compromete a qualidade e o objectivo da obra, que é homenagear o “João César de Deus”.

António Cabrita

António Cabrita (1959) tem vinte e tal livros publicados, em Portugal, Brasil (três livros de ficção) e Moçambique (livros de fábulas, poesia e ensaio). Foi jornalista durante 23 anos e editor (Fim de Século e Íman Edições). Em 2005 emigrou para Moçambique onde, neste momento, é professor de Dramaturgia e cronista no semanário Savana. Tem também uma coluna no jornal Hoje Macau. Escreveu inúmeros filmes. De entre os seus livros destacam-se: Inferno, 2001, três guiões sobre Camilo Castelo Branco, escritos em parceria com Maria Velho da Costa, Bagagem não Reclamada, Anatomia Comparada dos Animais Selvagens (Prémio PEN Clube 2018), e a Kodak faliu. também Dick, o cão da minha infância, 2020, poesia; e A Maldição de Ondina, 2013 (finalista do Prémio Literário Casino da Póvoa - C. M. Póvoa de Varzim 2013), Éter, 2015 (finalista do Prémio PEN Clube 2016), A Paixão segundo João de Deus, 2019, e Fotografar contra a luz, 2020, romances. Como tradutor, realça-se a sua antologia de poesia hispânica, As Causas Perdidas, 2020.

(ver mais)
Curiosidades Literárias e Outros Contos

Curiosidades Literárias e Outros Contos

10%
Editora Exclamação
11,90€ 10% CARTÃO
Gnaisse

Gnaisse

10%
Abysmo
15,00€ 10% CARTÃO
portes grátis