A Ordem do Tigre

de J. J. Armas Marcelo

editor: Editorial Teorema
As recoradções podem ajudar-nos a sobreviver. Ou acabar de nos destruir.
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i
Morelba a Tigra desapareceu e Álvaro Montes tem de regressar a Buenos Aires para a encontrar. Passaram muitos anos desde que, em 1975, numa viagem à Argentina, Álvaro e os loucos jovens com os quais percorreu os canais e os rios do Delta fundaram, na brincadeira a Ordem do Tigre. Passou muito tempo desde que se enamorou de Morelba. No final do Século está tudo diferente: os seus amigos sofreram os golpes do amor e da politica, converteram-se em cúmplices da ditadura ou em militantes clandestinos. Álvaro regressa ao passado para reviver a intensidade de uns dias que ainda permanecem na sua memória, apesar da distância e por cima da dor. Um romance que analisa com dureza e sem complacência os traumas da Argentina.

A Ordem do Tigre

de J. J. Armas Marcelo

ISBN: 9789726959014
Editor: Editorial Teorema
Idioma: Português
Dimensões: 155 x 234 x 23 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 360
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Romance
EAN: 9789726959014
J. J. Armas Marcelo

J. J. Armas Marcelo nasceu em Las Palmas em 1946 e é licenciado em Filologia e Literatura Clássica pela Universidade Complutense de Madrid desde 1978.
É autor dos romances El Camaleón sobre la Alfombra (1974, Prémio Galdós), Estado de Coma y Calima (1978), Las Naves Quemadas (1982), El Árbol del Bien e del Mal (1985), Los Dioses de Sí Mismos (1989, Prémio Internacional de Novela Plaza & Janés), Madrid, Distrito Federal (1994), Cuando Éramos los Mejores (1997), Así en la Habana como en el Cielo (1998), El Niño de Luto e el Cocinero del Papa (2001), La Orden del Tigre(2003); da biografia de Mario Vargas Llosa, El Vicio de Escribir (1991) e do ensaio Los Años que Fuimos Marilyn (1995).
Colabora regularmente com a imprensa, rádio e televisão, onde dirigiu durante quatro anos o programa Los Libros de TVE.
Em 1998 obteve o Prémio González-Ruano de Jornalismo e, nesse mesmo ano, a Ordem de Miranda.
Com Quase Todas as Mulheres ganhou o Prémio de Romance Ciudad de Torrevieja II.

(ver mais)
Editorial Caminho
10,90€ 10% CARTÃO
Editorial Teorema
10,60€