A incrível viagem do faquir que ficou fechado num armário Ikea

de Romain Puértolas

editor: Porto Editora, agosto de 2014
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i
O maior fenómeno de popularidade da literatura francesa atual. Traduzido em 36 países.

Ajatashatru Larash Patel, faquir de profissão, que vive de expedientes e truques de vão de escada, acorda certa manhã decidido a comprar uma nova cama de pregos. Abre o jornal e vê uma promoção aliciante: uma cama de pregos a €99,99 na loja Ikea mais próxima, em Paris. Veste-se para a ocasião - fato de seda brilhante, gravata e o seu melhor turbante - e parte da Índia com destino ao aeroporto Charles de Gaulle. Uma vez chegado ao enorme edifício azul e maravilhado com a sapiência expositiva da megastore sueca, decide passar aí a noite a explorar o espaço. No entanto, um batalhão de funcionários da loja a trabalhar fora de horas obriga-o a esconder-se dentro de um armário, prestes a ser despachado para Inglaterra. Para o faquir, é o começo de uma aventura feita de encontros surreais, perseguições, fugas e aventuras inimagináveis, que o levam numa viagem por toda a Europa e Norte de África.

A incrível viagem do faquir que ficou fechado num armário IKEA é uma aventura rocambolesca e hilariante passada nos quatro cantos da Europa e na Líbia pós-Kadhafi, uma história de amor mais efervescente do que a Coca-Cola, mas também o reflexo de uma terrível realidade: o combate travado por todos os clandestinos, últimos aventureiros do nosso século.

Mágico e hilariante.

Paris Match

Um conto, uma farsa, mas também uma sátira do mundo moderno, que se lê entre gargalhadas.

Le Figaro Magazine

Este romance é uma pérola de humor, um convite à tolerância, um autêntico conto de fadas.

Livres Hebdo

Uma história genial, para rir do princípio ao fim. Inigualável!

Radio France Culture

A incrível viagem do faquir que ficou fechado num armário Ikea

de Romain Puértolas

Propriedade Descrição
ISBN: 978-972-0-04692-5
Editor: Porto Editora
Data de Lançamento: agosto de 2014
Idioma: Português
Dimensões: 152 x 235 x 19 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 208
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Romance
EAN: 978972004692511
Idade Mínima Recomendada: Não aplicável
e e e e E

Viva o humor de Puértolas!

A. V.

Que dizer desta leitura?! Foi uma agradável surpresa, uma leitura compulsiva, desenfreada e cheia de humor! Gostei muito e recomendo!

e e e e E

Cheio de humor e seriedade

Cláudia Janeiro

É uma história recambolesca, escrita com bastante criatividade e humor, que nos leva a viajar por vários pontos da Europa, passando até pela Líbia com este faquir que só queria ir ao Ikea em Paris comprar uma cama de pregos. Mais uma vez diverti-me com a história criada por este autor, que escreve tudo com uma grande leveza e humor, mas que depois na verdade está mesmo é a falar sobre o sério problema dos imigrantes clandestinos e da forma como os países encaram a situação (ou não encararam). Portanto, apesar das piadolas, é um livro que até nos faz pensar e que alerta para um sério problema social actual.

e e e e E

Lêr sem parar

Carla Sofia Cruz

Um livro que se adora pela forma simples e despretensiosa de abordar temas sensíveis com muito humor.

e e e e E

Uma história diferente das outras

Beatriz Horta

Uma história que se diferencia das demais por muitos motivos, um deles pelo facto de não haver momentos mortos, pois a personagem principal anda constante e inesperadamente em movimento. É uma leitura fácil e de momentos divertidos. Fiquei fã da imaginação e da forma de escrever do autor!

e e e e E

Cativante

Marta

Ainda agora comecei a ler e já me rendi. De fácil leitura, divertido. Recomendo.

e e e e E

A incrível viagem do faquir que ficou fechado num armário Ikea

Lídio Silva

No final de mais um ano de tristezas, nada como um livro divertido para nos fazer esquecer o próximo ano que mais tristezs nos trará.

e e e e E

Provavelmente um filme, a breve trecho

Claudino Moura

Rápido de ler, a escrita é quase cinematografica, num registo muito divertido e, por vezes, comovente.

e e e e E

Divertidíssimo e não só....

Fernando Gomes/Alverca

É de "partir o coco" a rir ....mas com reflexões muito sérias. Muito "Montyphytiano" ! Adorei! Adorei! Adorei!

e e e e E

Diversão garantida !!

João Neves

Um livro fácil de ler, com gargalhadas instantâneas. Alegria, boa disposição, são produtos finais garantidos para o leitor. Mas, para os mais atentos, existe matéria para pensar !!

e e e e E

A incrível imaginação de Romain Puértolas

Maria Teresa Meireles

Divertido, crítico, capaz de nos fazer repensar o que parecia óbvio. É um trabalho de socio-política através dos olhos de um escritor que se diverte com o inesperado e nos obriga à reviravolta permanente.

e e e e E

Um livro rápido de ler, mas tão divertido!

Bruno Vaz

Um livro pequeno, as 200 páginas passam a correr. Com uma escrita simples e muito divertida, adorei cada página. Acho que até senti alguma tristeza no final... queria mais aventuras do "Laracha". Com várias gargalhadas ao longo do livro, acompanhamos as aventuras forçadas da personagem através de uma metamorforse na sua personalidade. Porque este livro para além da sua escrita divertida traz também algumas reflexões sobre a vida, e sobre a forma como a encaramos. Gostei!

e e e e E

Vale a pena se quiser divertir-se

Mariana

Um livro muito divertido mas cheio de reflexões acerca da vida nos nossos tempos. Apesar de ser um livro que arranca boas gargalhadas aos leitores, tem um lado sobre o qual vale a pena reflectir, o cinismo e a esperança.

Romain Puértolas

Romain Puértolas, de origem franco-espanhola, nasceu em Montpellier, em 1975. Levado pelas voltas do destino a Espanha e Inglaterra, foi DJ, professor de línguas, tradutor-intérprete, comissário de bordo e mágico. De regresso a França, trabalhou durante quatro anos como inspetor da polícia numa brigada especializada no desmantelamento de redes de imigração ilegal. Viciado confesso na escrita compulsiva, Puértolas fez a sua estreia no universo literário com A incrível viagem do faquir que ficou fechado num armário IKEA, publicado pela Porto Editora em 2014. Ainda antes do seu lançamento em França, o romance já havia conquistado mais de quarenta editoras estrangeiras, convertendo-se num fenómeno editorial mundial conhecido como «faquirmania». A menina que engoliu uma nuvem do tamanho da Torre Eiffel, o seu segundo romance, foi publicado também pela Porto Editora, em 2015.
Depois de ter exercido mil e uma profissões, Romain Puértolas decidiu dedicar-se por inteiro à escrita. Mas não foi nunca imperador.

(ver mais)
Às vezes o mar não chega

Às vezes o mar não chega

10%
Porto Editora
14,40€ 10% CARTÃO
O Horizonte

O Horizonte

10%
Porto Editora
16,65€ 10% CARTÃO
portes grátis