A Estação dos Correios da Rua Dupin

de Marguerite Duras e François Mitterand

editor: Casa das Letras, novembro de 2006
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i

Este livro reúne cinco conversas entre Marguerite Duras e François Mitterrand, ocorridas entre Julho de 1985 e Abril de 1986, e publicadas nos primeiros números do L’Autre Journal (1986). Reunidas em livro, foi a própria Duras a escolher o título - A Estação dos Correios da Rua Dupin -, uma referência à rua onde ocorreram episódios importantes da vida de ambos.
Dez anos depois da morte da escritora, que foi Prémio Goncourt, e do político que foi Presidente da República de França, são editadas estas conversas que, debruçando-se, não apenas sobre a política em geral, a literatura e a guerra, mas também sobre a imigração, o racismo e o nacionalismo, têm recordações comuns, como, por exemplo, os anos da Resistência e as deportações de Mitterrand e de Robert Antelme, então marido de Marguerite.
Estas conversas foram enriquecidas com notas e testemunhos que esclarecem o contexto em que se desenrolaram, nomeadamente a existência da filha «secreta» de Mitterrand, Mazarine Pingeot.


"(...) as memórias são avivadas em diálogo ameno, permitindo ao leitor aceder a um registo mais intimista relativamente a duas figuras centrais da sociedade e da cultura francesa do século XX. A reconstrução de episódios do passado e a opinião sobre acontecimentos contemporâneos, sempre de modo franco (e com algumas provocações lançadas por Duras), fazem destas entrevistas um testemunho muito interessante sobre a França do século passado."
Sara Figueiredo Costa

«Um diálogo admirável entre François Mitterrand, chefe de Estado, e Marguerite Duras, escritora.»
Le Monde

«Se acredita nos encantos da inocência, leia A Estação dos Correios da Rua Dupin.»
Le Fígaro

«M. D. - Penso que as pessoas não se dão conta do que era a nossa vida. Não podíamos ir a casa dos amigos, nem pensar. Tínhamos de telefonar e encontrarmo-nos em lugares insuspeitos para poder trocar umas quantas informações. Demorava horas...
F. M. - Tentávamos, aliás, não saber a morada dos outros. Receávamos ser presos e obrigados a falar... Mais valia não saber.»

A Estação dos Correios da Rua Dupin

de Marguerite Duras e François Mitterand

Propriedade Descrição
ISBN: 9789724616889
Editor: Casa das Letras
Data de Lançamento: novembro de 2006
Idioma: Português
Dimensões: 149 x 229 x 11 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 166
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Memórias e Testemunhos
EAN: 9789724616889
Irene: é Possivel Renascer

Irene: é Possivel Renascer

10%
Editorial Magnólia
3,00€ 10% CARTÃO
Sonhos Estilhaçados

Sonhos Estilhaçados

10%
Edições Vieira da Silva
3,00€ 10% CARTÃO