10% de desconto

A Escola de Braga e a Formação Humanística - Tradição e Inovação

de Maria Celeste Natário e José Gama

editor: Zéfiro, julho de 2010
VENDA O SEU LIVRO i
A Escola de Braga significa os saberes que introduziu no panorama cultural português, os mestres que os transmitiram e transmitem, e as múltiplas gerações de licenciados com a sua vivência pessoal e experiência profissional, na sua história mais recente (...), o valor e a actualidade de um programa de formação que se mantém fiel às grandes ideias humanistas que formaram e educaram a Europa ao longo dos séculos. Entre estas ideias humanistas sobressaem o cultivo da sabedoria, com um conhecimento desinteressado, ao serviço da dignidade e da nobreza do espírito, na criação da beleza… Ideias estas que sempre tiveram na filosofia e nas humanidades o suporte e a expressão mais aperfeiçoada e mais exigente, em contraste flagrante com a invasão crescente do uso de máquinas e instrumentos tecnológicos que tendem a absorver e a dominar, por vezes até a subverter, o ideal tradicional da sabedoria humanística. Será a cultura destas grandes ideias humanísticas, na prática da vida social, mas também e sobretudo nos programas e nas práticas de ensino, que poderá habilitar-nos a sermos capazes de valorizar correctamente os novos valores da ciência e das tecnologias, relativizando-os e subordinandoos às superiores exigências do espírito.

A Escola de Braga e a Formação Humanística - Tradição e Inovação

de Maria Celeste Natário e José Gama

Propriedade Descrição
ISBN: 9789896770310
Editor: Zéfiro
Data de Lançamento: julho de 2010
Idioma: Português
Dimensões: 162 x 230 x 23 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 428
Tipo de produto: Livro
Coleção: Nova Águia
Classificação temática: Livros em Português > Ciências Sociais e Humanas > Filosofia
EAN: 9789896770310
Eduardo Abranches de Soveral

Eduardo Abranches de Soveral

10%
Zéfiro
10,00€ 10% CARTÃO