«Viagem», de Eucanaã Ferraz

O Pavão do 4º Andar é uma breve coletânea do carioca Eucanaã Ferraz que reúne todos os poemas publicados entre 1990 e 2019  - com exceção do primeiro, que é um inédito.

«Chamar esses trinta e sete poemas de 'portugueses' é uma maneira de dar a ver aquilo que há em comum entre eles: de diferentes modos, fazem alusão às experiências vividas pelo autor com a poesia portuguesa, com seus criadores e com alguma paisagem.»
VIAGEM


1. O texto


Então passei pelo tradutor automático isto que aqui vai.
Como se fosse toda a minha vida
(toda a nossa vida)
Comecei com línguas mais conhecidas:
francês espanhol italiano inglês alemão
Depois passei para romeno filipino basco mongol
letão sérvio malaio
Como se as palavras viajassem
(como se viajássemos)
Até voltar ao português.
Toda a minha vida.
Como se viajasse por línguas
para saber o que sobra.
Para saber o que se suporta.
Para testar (o que ficaria de nós depois da volta?)


2. A tradução final


Nós viemos aqui como um controlador automático.
Como isso afeta a minha vida?
(ao longo de nossas vidas).
Começamos em uma linguagem comum.
Francês Espanhol Italiano Inglês Alemão.
Então eu deixei Romeno Filipino Basco Mongol
Letão Sérvio Malaio.
Parece que esta viagem está sendo executada
(Viagem).
De volta a Portugal.
Toda a vida.
Como ir em uma língua estrangeira?
Do acima.
Saiba o que é o jogo.
Volte para nós.


Eucanaã Ferraz,  O Pavão do 4º Andar

Livros relacionados

Wook está a dar

Subscreva!