Um livro com o Natal dentro

Almanaque de Natal
Porque o Natal é quando um Homem quiser
Na senda do bem sucedido Almanaque Português, a Guerra & Paz lançou um novo título inteiramente dedicado ao Natal. E a verdade é que ele coube ali por inteiro: a sua História, curiosidades, lendas e tradições, canções e até decorações.

Organizado por capítulos, saiba como é o Natal à volta do mundo - sabia que, na noite de consoada, muitos noruegueses mascaram-se de bodes e visitam os vizinhos cantando canções de Natal? -, descubra várias lendas, canções natalícias (as mais tradicionais), jogos para se entreter no serão e até poesia.

Recolha-se faça uns minutos de silêncio e divirta-se. Sinta o perfume do amor, da harmonia, da alegria, do que é nacional e deve ser preservado, e acredite que todos os dias podem ser dias de Natal.

Este é um presente ideal para si ou para aquela tia a quem nunca sabemos o que ofecerer. Não deve haver livro mais sugestivo do que este.

Partilhamos consigo uma pequena parte do divertido interior:
OH! OH! OH! SABIA QUE…?
«O Pai Natal é um homem velhinho, de barbas compridas, gorducho e de ar simpático. Com o seu trenó puxado por renas e carregado de prendas, voa, na véspera de Natal, para distribuir as prendas. O Pai Natal passa pelas casas das crianças que se portam bem, entrando pela chaminé, e deixa os presentes pendurados na chaminé ou debaixo da árvore de Natal. Esta imagem tem origem num poema de Clement Clarke Moore, «Um relato da visita de São Nicolau», escrito para as suas filhas. Em 1823, a composição foi publicada por uma senhora, Harriet Butler, que tomou conhecimento do poema através dos filhos de Moore e o levou ao editor do Troy Sentinel, em Nova Iorque. Em 1844, Clement Clarke Moore reclamou a autoria desse poema.»
HUMOR
- Qual o fenómeno meteorológico mais natalício?
A rabanada de vento.

- O que é que um boneco de neve costuma pôr no leite?
Flocos.

Livros relacionados

Wook está a dar

Subscreva!