«Poema ao Sol»

Poema ao Sol

A tua voz tovarich atravessou       um século       até chegar aos meus
ouvidos
a tua voz clara compacta lendo o poema ao sol uma aventura de
         verão na datcha
Acompanho essa leitura com uma tradução para português dos
         irmãos Campos
Bebo água das pedras gelada em vez de chá
num pequeno apartamento perto do mar
Esse mesmo poema inquietou outro poeta
enquanto se divertia em Long Island numa feira
Esse poeta morreu pouco depois atropelado
Mas tu soubeste disso antes de mim
A tua voz é a mesma
o sol é o mesmo
Daqui a cinquenta anos um outro poeta escutará a tua voz
Tu não sabias que sol tinha manchas
mas sabias
o que faz de uma estrela
uma estrela

Jorge Sousa Braga, Matéria Escura e Outros Poemas

Livros relacionados

Wook está a dar

Subscreva!