LIVRO DO MÊS: LÁ, ONDE O VENTO CHORA

Kya vive isolada no pantanal a que chama casa. Inteligente e sensível, aprendeu a sobreviver sozinha depois de ter sido abandonada por todas as pessoas importantes da sua vida, incluindo a mãe, que a deixou aos seis anos, percorrendo a areia para nunca mais voltar.

Vítima de comentários cruéis desde sempre, quando aparece um cadáver na pacata cidade de Barkley Cove todos os moradores apontam o dedo à rapariga do pântano... e o impensável acontece.

Lá, Onde o Vento Chora é o romance de estreia de Delia Owens, uma bióloga norte-americana de 70 anos, que trabalhou nesta obra perto de 10 anos.
O livro tornou-se um sucesso editorial nos Estados Unidos, fenómeno que dominou os tops durante mais de 40 semanas e vendeu uns impressionantes 2,5 milhões de exemplares.

Chega a Portugal a 4 de julho, com o carimbo da Porto Editora, que considera a «narrativa dolorosamente bonita, plena de solidão, uma história de crescimento e um louvor à poesia silente da natureza.» 

E, nós, não o podíamos recomendar mais.

Subscreva!