Leve para sempre com Sandra Ribeiro #5

Leve para Sempre
Leve para Sempre, de Sandra Ribeiro
Mais um livro sobre nutrição? Nem por isso.

Com base em estratégias sensatas, a nutricionista Sandra Ribeiro sugere-nos um programa de reeducação alimentar e emagrecimento consciente que nos permite ter um estilo de vida leve… para sempre. E não só no que à balança diz respeito.

Neste artigo, Sandra aborda a temível questão das dietas de verão.
Primeiros raios de sol, desconfinamento, aquela vontade de colocar roupas frescas e ir para a praia, o desejo de um peso equilibrado e mais uma tentativa de dieta.

Mas será que está mesmo a fazer o que é importante para emagrecer?
Ou será que já começou a cortar nos hidratos de carbono e fica só pelas saladinhas de alface e pouco mais?

E, se eu lhe disser que o seu maior foco deve estar no que vai incluir e não no que vai cortar da sua alimentação?
Parece uma abordagem ousada, certo? Mas, na realidade, quanto mais se preocupa em cortar, em restringir ou fugir da comida, quatro coisas acontecem:

#1 O fruto proibido é o mais apetecido. Quanto mais pensa que não pode, mais esse pensamento está presente e mais lhe apetece. O que focamos cresce. Neste caso, está focado no que não quer e esse pensamento persegue-o e leva-o para os alimentos que deseja a todo o custo evitar.

#2 E, assim, quanto mais se foca no que não quer, mais se esquece ou menos energia tem para o que quer. Simples assim. Se não está a dedicar os seus pensamentos, a sua energia e a sua ação para o que quer, não está a construir a realidade que deseja. Está simplesmente preocupado em fugir da tentação e não está a ir ao encontro do que verdadeiramente vai ajudar no seu emagrecimento.

#3 Quanto mais restringe e elimina grupos alimentares, maior a probabilidade de desequilíbrios nutricionais. Desequilíbrios que vão trazer consequências para o seu humor, a sua energia, o seu corpo e a sua saúde.

#4 Resultados que se conquistam pelo desequilíbrio não são sustentados no tempo. Não irá aguentar um estilo alimentar restritivo durante muito tempo (talvez nem todo o verão) e mal o primeiro casaco seja necessário tudo volta ao normal assim como o peso em excesso. E mais um ciclo de “dieta” recomeçará no próximo ano quando chegarem novamente os primeiros raios de sol.
COMO CONQUISTAR UM PESO EQUILIBRADO QUE SE MANTÉM PARA A VIDA?
Focando-se num estilo de vida saudável e com prazer, no qual uma alimentação natural e com prazer faz parte.

Qual é a atividade que faz com mais gosto e durante mais tempo? Aquela que faz com prazer, ou aquela que lhe causa dor ou sofrimento?

Vou ajudá-lo a orientar o seu foco para o que incluir no seu dia alimentar (e não para o que cortar) e a ter prazer no que come (sem ter de passar fome ou comer o que não gosta), contribuindo para um processo de emagrecimento mais natural, fluído e mantido ao longo do tempo.
  1. Comece as duas refeições principais com uma sopa de legumes. E, se com o calor não consegue comer sopa, substitua-a por uma salada como primeiro prato. Uma salada de hortícolas variados, temperada com limão, ervas aromáticas e vinagre e moderação no azeite.
  2. No prato de refeição não abdique dos hidratos de carbono, faça sim um prato equilibrado. Divida o prato a meio e numa das metades coloque novamente salada e/ou legumes e divida a outra metade em dois. Uma parte para uma porção de arroz, batata ou massa ou outro cereal e a outra parte para carne, peixe ou ovo ou leguminosas - soja ou tofu, por exemplo.
  3. Inclua fruta no seu pequeno-almoço e nos lanches a meio da manhã e da tarde. Poderá acompanhar as suas papas de aveia de pequeno-almoço com fruta ou até o seu tradicional pão com manteiga e meia de leite com uma fruta no final, porque não? Isso vai ajudá-lo a sentir-se mais saciado durante a manhã.
  4. Entre as refeições inclua sempre uma peça de fruta e acompanhe-a com outro alimento, como um iogurte, um punhado de frutos secos ou de sementes, um queijo fresco ou meio pão integral, por exemplo.
  5. Para emagrecer não coma apenas cozidos e grelhados se é algo que não lhe dá prazer. No meu livro terá acesso a um suplemento com mais de 100 receitas muito fáceis, rápidas e deliciosas para cozinhar estufados, caldeiradas e pratos de forno e de fogão com mais prazer e mais saúde, aprendendo a fazer uso de ervas aromáticas e especiarias e a reduzir a adição de gordura ou de molhos processados, sem abdicar do sabor e do prazer.
  6. Reserve 10 a 20 minutos do seu dia para caminhar, dançar ou fazer uma atividade física que gosta. Sozinho ou em grupo, o importante é mexer mais o corpo para aumentar o seu metabolismo e fazer com que o ajude a conquistar um corpo cada vez mais saudável e um peso mais equilibrado.
  7. Não aprecia beber água? Coloque umas rodelas de limão, umas folhas de hortelã e um pau de canela na água e vá bebendo ao longo do dia. Não se foque na quantidade que tem de beber. Foque-se em ir bebericando ao longo de todo o dia e verá que ao longo dos dias o hábito se instala e a sua urina começará a sair mais clara, um indicador que está a beber o necessário para o seu corpo.
  8. Se a vontade de petiscar aparecer, não a ignore. Coma primeiro uma fruta e verá que mesmo que não consiga resistir ao tal miminho doce ou salgado que deseja, irá comer em menor quantidade. Aceite que é um processo. Ouça o seu corpo e use um diálogo mais positivo com ele de progresso e não de perfeição. Verá que ao cuidar da sua alimentação e do seu corpo com menos revolta, menos frustração e menos desilusão e tristeza, os seus resultados serão mais visíveis, mais sustentados no tempo e a relação consigo própria, com o seu corpo, com as suas decisões alimentares irão aos poucos seguir um rumo mais positivo e com mais resultados.
  9. Dedique 15 minutos por semana a pensar nas suas refeições. Não deixe que a correria do dia-a-dia e a decisão sobre as refeições aumente as suas preocupações. 15 minutos por semana podem valer-lhe um final de dia mais tranquilo, mais organizado e com uma maior sensação de cuidado pelo seu bem-estar e da sua família.
  10. Por último, e não menos importante, lembre-se sempre de que o grande papel do nosso corpo é manter-nos vivos e com saúde. Todos os dias, mesmo quando dormimos, ele nunca se esquece deste seu grandioso objetivo. Tudo o que faz, é com o fim máximo de nos proteger. Então, da próxima vez que lhe der sofrimento ou desequilíbrio pense se não seria mais vantajoso descobrir uma forma harmoniosa de o perceber e caminhar de mãos dadas com ele.



E, se quiser saber com mais profundidade como o fazer e como manter com naturalidade um estilo de vida mais equilibrado e em paz consigo própria convido-o a ler o meu livro Leve para Sempre, uma abordagem por um peso mais equilibrado com prazer e simplicidade, sem sofrimento ou dietas desequilibradas.


Juntos por uma vida mais leve.
Sandra.

Livros relacionados

Wook está a dar

Subscreva!