Halloween: 6 livros terrivelmente assustadores

A festa de Halloween que se popularizou nos Estados Unidos da América tem, na verdade, origem celta. Na Irlanda e na Escócia acendiam-se fogueiras em colinas e faziam-se máscaras a partir de ossos e pele de animais. Esta festa acontece há cerca de dois mil anos como forma de celebrar o Samhain, o fim do verão. O povo celta acreditava que nesta altura a divisão entre o mundo dos vivos e dos mortos era mais ténue: os que tinham partido regressavam à Terra.
Crenças à parte, nós por cá reunimos seis sugestões para virar a noite a ler. Mas tenha medo. São todas de arrepiar!
A COISA – LIVRO I
STEPHEN KING
Pennywise tem uma capacidade mutante, transformando-se em criaturas temidas pelas crianças, os seus alvos favoritos. Além disso, esta personagem pode ficar invisível, ler pensamentos, criar ilusões ou teletransportar-se para vários lugares ao mesmo tempo. O que pode ser mais assustador do que isto?
OS MELHORES CONTOS DE EDGAR ALLAN POE
EDGAR ALLAN POE
Não há Halloween que se preze sem o mestre do gótico. Neste livro, estão reunidos todos os contos de Edgar Allan Poe, um dos percursores da literatura do horror. Será que vai conseguir dormir?
FRANKENSTEIN
MARY SHELLEY
Considerado um dos mais icónicos livros de terror de sempre, Frankenstein conta a história de um cientista, Victor Frankenstein, e da sua criação monstruosa. Revoltado por ser tão feio, o monstro persegue o criador até aos confins do mundo. Quem sobreviverá no confronto final? Um arrepio de leitura.
O HOMEM NAS SOMBRAS
PHOEBE LOCKE
Floresta, escuro, crianças e um crime aterrador. Estes são os ingredientes do thriller de Phoebe Locke, que recupera os piores pesadelos infantis. Baseado num caso verídico que ocorreu nos Estados Unidos, em que uma menina de 12 anos esfaqueou uma colega de escola até à morte, é aclamado um dos thrillers psicológicos do ano.
O JARDIM DAS BORBOLETAS
DOT HUTCHISON
Num lindo jardim crescem flores exuberantes, árvores frondosas e… uma coleção de preciosas ‘borboletas’: jovens mulheres sequestradas e mantidas em cativeiro por um homem brutal e obsessivo, conhecido como o jardineiro. Macabra e terrivelmente cénica, esta história vai tirar-lhe o fôlego.
O APERTO DO PARAFUSO
HENRY JAMES
Uma história trivial transformada num thriller sinistro. Uma governanta convence-se de que a casa onde cuida de duas crianças, Flora e Miles, está assombrada. Destemida ou louca, a mulher decide desafiar esta autoridade sobrenatural e uma tragédia acontece. Um livro curto e misterioso, perfeito para uma noite como esta.

Wook está a dar

Subscreva!