Entrevista a Cristina Ferreira: «Aprender inglês abre as portas da minha confiança»

Por esta ninguém esperava: Cristina Ferreira acaba de lançar um livro onde ensina... a falar inglês.
A apresentadora de televisão e empresária já havia admitido em Sentir, o livro anterior, que o inglês era o seu «calcanhar de Aquiles» e propôs-se a ultrapassá-lo.
O desafio de ensinar este idioma foi abraçado pelo professor Jonathan Munro, da Universidade de Cambridge, em Inglaterra, e Cristina Ferreira superou-o com sucesso.
Neste novo livro, são partilhadas as etapas por que passou, além de se darem todas as dicas para quem pretenda, também, dominar a língua.
Apresentadora de televisão, empresária, diretora de uma revista, autora de três livros. Há alguma coisa que lhe falte fazer?
Enquanto existir vontade e sonho…

Que portas abre o inglês que (só) o português nunca abriria?
Abre as portas da minha confiança.

Não se começa a aprender inglês aos 40 só porque ‘pode dar jeito’. Aprender inglês é o início de um plano maior?
A vida é o plano maior. E aproveitar todas as oportunidades que ela nos dá.
Entrevista a Cristina Ferreira
Cristina Ferreira | Créditos da imagem: Contraponto.
Numa vida que é um livro aberto, o que é que continua a ser apenas seu?
Os meus. Esses são mesmo só meus.

Onde é que se vê daqui a 10 anos?
Possivelmente na televisão. :)

Descreva-me um dia perfeito.
Em casa. Com a minha família. Não troco por nada. Mas nada mesmo.

Que experiências na sua vida lhe trazem conforto?
Viagens. Só trabalho para viajar.

Qual foi o último livro que comprou?
Último Caderno de Lanzarote, de José Saramago.

E o último que leu?
Até ao Mar Azul, de Jorge Nuno Pinto da Costa.

Se tivesse um superpoder, qual seria?
O poder de me teletransportar.
Falar Inglês é Fácil, de Cristina Ferreira

Livros relacionados

Wook está a dar

Subscreva!